Publicidade

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011 Crítica | 10:15

Maria e Daniel rendem os melhores momentos do 'BBB 11'

Compartilhe: Twitter

Maria e Daniel: não tem como não se divertir com eles

Uma coisa não se pode afirmar sobre o “BBB 11″: que ele não é divertido. Pelo menos nos últimos dias, o reality show da Globo tem rendido ótimos momentos graças a dois personagens: Maria e Daniel. Também pudera. Com o jogo insistindo em empacar e os homens insistindo em trocar juras de amor, este programa estava mesmo precisando de protagonistas. Maria e Daniel podem não corresponder ao estreótipo de mocinhos, mas, com certeza, são os donos dos melhores momentos da atração até agora. Afinal, quem consegue não cair na risada com as bebedeiras de ambos? Ou a língua solta dele? E as frustradas tentativas dela de reconquistar o amado Mau Mau?

Maria e Daniel não têm limites. E é isso que os torna especiais. Ao contrário de Diogo – um chato egocêntrico que tenta parecer espontâneo mas só força a barra -, Daniel chegou no jogo despreparado e mete várias vezes os pés pelas mãos de maneira inocente. Ao contrário de Maurício – que a todo momento tenta posar de bom moço mas é hipócrita o suficiente para esconder os motivos pelos quais não quer mais ficar com ela – Maria é, sim, pura. Tão pura que não esconde de ninguém sua malícia. Honestidade é saber reconhecer seu defeitos e virtudes. E lidar com eles. Não basta parecer um cara muito legal ou muito bem e não disfarçar a prepotência – caso de Maurício desde que voltou à casa – ou a grosseria – caso de Diogo num deplorável show de xingamentos a Paula. E, no caso de Rodrigão, para ser um bom rapaz é preciso bem mais do que saber passar pomada no cabelo. É preciso tratar uma mulher direito, coisa que ele não tem feito com Adriana, desculpem-me a franqueza. Call me old fashion, mas gentileza e cavalheirismo não saíram de moda. Ainda.

No programa da última quinta-feira (17), Diana, sempre muito sensata, disse a Maria que ela estava esquecendo de focar no prêmio, se preocupando com questões menores. Ela não deixa de ter razão. Mas Maria também está certa. Assim como Daniel, ela quer mesmo é se divertir. Até onde o jogo vai permitir que eles continuem assim, não se sabe. Mas quero mais é ver o pernambucano se esbaldando em mais festas.

"Se joga, Daniel!"

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,