Publicidade

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012 Bastidores, Crítica | 03:04

Fim do 'Comédia MTV' denuncia prenúncio de crise na emissora musical

Compartilhe: Twitter

O elenco do "Comédia MTV", que acabou na última quinta (13)

Nos últimos tempos, não foram poucas as vezes em que uma suposta venda da MTV aconteceria ou que o canal musical chegaria ao fim. Ao mesmo tempo, não faltou quem acusasse a emissora de fugir à sua proposta inicial, cada vez menos investido em videoclipes e abrindo espaço para game shows e humorísticos. Antes referência para os adolescentes, a MTV tentou atingir um público maior e mais variado. O esforço não se refletiu num aumento exponencial de audiência.

Na última quinta-feira (13), Marcelo Adnet, Dani Calabresa e Tatá Werneck anunciaram por meio de redes sociais o fim do “Comédia MTV”. Em outubro, a coluna já havia antecipado que a emissora pretendia acabar com o programa por considerá-lo caro e também pela possibilidade de perder humoristas para outras emissoras. Segundo noticiário recente, Marcelo Adnet e Dani Calabresa têm propostas da Globo e da Band – esta última especialmente interessada em ter a loira como repórter do “CQC”, depois de sua participação num especial da atração este ano.

O encerramento de um programas mais arrojados da empresa não é um fato isolado. Nas últimas semanas, a MTV resolveu não renovar o contrato de estrelas da casa como Marimoon e Jana Rosa sob justificativa de cortes de gastos e falta de projetos compatíveis. Há alguns meses, houve corte de funcionários para enxugamento da folha. Tudo indica que o canal passa por tempos de contenção.

Oficialmente, a MTV negou por meio de comunicado em agosto que estivesse sendo negociada. Da mesma maneira, o prenúncio do fim para ser uma especulação por demais apocalíptica. As agências já receberam o projeto publicitário do “Verão MTV”, que terá programas especiais com os VJs remanescentes. A temporada será aberta por um show de Gaby Amarantos, no Rio de Janeiro, neste sábado (15). Da mesma maneira, a emissora também enviou às agências uma proposta para a cobertura da Copa de 2014. Até lá, claro, muita água deve rolar.

O que se vê nos últimos tempos é que, além de mais “compacta”, a MTV precisa ser reinventada – de novo. Só assim vai parar de sofrer com cortes de receita e funcionários. Afinal, no final das contas, quem sofre é o espectador que não mais assistirá o “Comédia MTV” – ou outras atrações, como o “Furo”, caso seus apresentadores mais famosos deixem a emissora. Aliás, perder bons nomes, a priori, não parece ser a melhor saída para a crise.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,