Publicidade

domingo, 6 de janeiro de 2013 Bastidores | 14:43

Globo define ordem de autores de suas próximas novelas para 2014 e 2015

" addthis:url="http://natv.ig.com.br/index.php/2013/01/06/globo-define-ordem-de-autores-de-suas-proximas-novelas-para-2014-e-2015/"> Compartilhe: &related=ultimosegundo&via=ig" class="botaotwitter" target="_blank">Twitter
Aguinaldo Silva e Rogério Gomes

Aguinaldo Silva e o diretor de sua próxima novela, Rogério Gomes

Como de costume, a Globo define com bastante antecedência a ordem de autores de suas novelas. A emissora, já tem, inclusive, uma escala pronta com o revezamento dos profissionais para os anos de 2014 e 2015. Veja abaixo como ficará cada faixa de horário:

Novelas das seis – Após a estreia de “Joia Rara”, ainda este mês, haverá a esperada volta de “Meu Pedacinho de Chão”, de Benedito Ruy Barbosa, que irá ao ar inteiramente gravada do começo ao fim. Logo depois, Elisabeth Jhin retomará o horário com uma trama ambientada no século 19 que tratará da cabala. Em 2015, ocorrerá a estreia solo de Claudia Laje, de “Lado a Lado”, e uma surpresa: Walcyr Carrasco já manifestou vontade de retornar à faixa.

Novelas das sete – Quando “Sangue Bom” chegar ao fim, será sucedida por “Além do Horizonte”, Marcos Bernstein e Carlos Gregório. Logo após a exibição da trama, por volta junho, entrará no ar o novo projeto de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, autores de “Cheias de Charme”. Em 2015, será a vez de “Buuu”, do estreante Daniel Ortiz, baseada numa sinopse criada por Andrea Maltarolli e supervisionada por Silvio Abreu.

Novelas das oito – Em janeiro, após o final de “Amor à Vida”, Manoel Carlos assumirá o horário com “Em Família”, cujas gravações começam em outubro. Em seguida, será a vez de Aguinaldo Silva, que já começou a pensar em nomes para seu elenco e terá direção de Rogério Gomes. Em 2015, virão Gilberto Braga e João Emanuel Carneiro.

Novelas das onze – A faixa dos remakes da Globo é a única indefinida. Para o ano que vem, a disputa gira em torno de “O Rebu”, de George Moura, e “O Semideus”, de Maria Adelaide Amaral – que conta com maior simpatia dos executivos da emissora. Há ainda um projeto inédito: “Sete Vidas”, de Licia Manzo. A adaptação de “Dancin’ Days” segue sem previsão de ocorrer.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,