Publicidade

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 Crítica, Novela | 06:00

'Lado a Lado' repete trama de filhos bastardos em quatro núcleos ao mesmo tempo

Compartilhe: Twitter

Sandra (Priscila Sol) revelará que tem um filho na novela

Nos próximos capítulos de “Lado a Lado”, Sandra (Priscila Sol) verá sua farsa cair por terra e todos descobrirão que ela é na verdade mãe da criança que afirma ser seu irmão. A resolução de mais essa história mostra que a trama das seis, bem conceituada pela crítica e com audiência abaixo da meta, usa de um mesmo recurso com personagens diversos. Afinal, não são poucos os filhos bastardos da história.

Na primeira virada do folhetim, por exemplo, Isabel (Camila Pitanga) tem o filho dado como morto. Em segredo, a criança passa a ser criada – e maltratada – por Zenaide (Ana Carbati) e Berenice (Sheron Menezzes). Aos olhos da avó, Constância (Patrícia Pillar), Elias (Cauê Campos) é visto como bastardo, assim como por Zé Maria (Lázaro Ramos), que se ressente do fato de não ser seu pai.

Num outro núcleo, Fernando (Caio Blat) descobriu que sofre rejeição do pai por ser fruto de uma infidelidade. E mais: para desespero do vilão preconceituoso, sua mãe biológica é pobre e negra. O mau caráter passou então a conviver com o peso de ser um bastardo e herdeiro direto das pessoas que tanto maltrata. Há ainda o caso de Luciano (André Arteche), filho de Diva (Maria Padilha), cuja real identidade de seu pai permanece como mistério na novela.

Obviamente “Lado a Lado” tem méritos múltiplos, mas parece investir no mesmo tipo de trama em vários núcleos. Resta saber se a repetição é a melhor maneira de segurar o espectador.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,