Publicidade

sexta-feira, 8 de abril de 2016 Estreia, Humor, Programa | 14:00

Marco Luque estreia na Globo: “Saí do ‘CQC’ com a sensação de missão cumprida”

Compartilhe: Twitter
Marco Luque estreia no "Altas Horas" no próximo dia 16 (Foto: Ramón Vasconcelos/Globo)

Marco Luque estreia no “Altas Horas” no dia 16 (Foto: Ramón Vasconcelos/Globo)

Depois de Monica Iozzi, Felipe Andreoli e Rafael Cortez, Marco Luque é mais um ex-integrante do “CQC” a ir para a Globo. Ele foi apresentado à imprensa como novo reforço do “Altas Horas” e, ao lado de Serginho Groisman, explicou o que deve fazer – a primeira aparição do humorista vai ao ar no próximo dia 16.

(Foto: Ramón Vasconcelos/Globo)

Luque e Serginho falam da nova parceria no programa (Foto: Ramón Vasconcelos/Globo)

“A gente tem conversado bastante e não quer uma coisa fixa, que se repita todos os sábados. Deixarei à disposição do programa meus 12 personagens e meu repertório, meu humor. Também estamos pensando em quadros, externas, algum assunto que seja legal abordar. Vamos caminhando”, disse Luque.

 Serginho contou como será esse início. “A cada semana um personagem será entrevistado pela plateia para que as pessoas conheçam bem a alma de cada um, e paralelo a isso estamos fabricando coisas. Nesse primeiro programa mostraremos um apanhado com cinco. A caracterização de alguns são demoradas e não vamos mostrar todos de primeira”.

 

Luque está animado e não esconde o nervosismo com a mudança. “Fico um pouco com o c* na mão, frio na barriga, principalmente pela  dimensão e alcance que tem uma Rede Globo e por estar ao lado do Serginho, que está há 30 anos na TV. É uma oportunidade muito boa de mostrar para todo mundo esse lado meu. A maioria das pessoas que não me assistiu no teatro ou não teve acesso ao meu trabalho tem a impressão do que eu passei no ‘CQC’, que era um formato já específico e eu só me encaixei. Aqui tenho inúmeras possibilidades”.

Luque fez parte da bancada do CQC durante os 8 anos do programa (Foto: Comunicação/Band)

Luque fez parte da bancada do CQC durante os 8 anos do programa (Foto: Comunicação/Band)

Serginho fala da nova parceria. “Nós nos conhecemos há um tempão e somos bem amigos. Quando soube que o ‘CQC’ ia acabar eu o convidei, passou um tempo e ele aceitou. Mas, quando o Marco ainda estava lá, tentei que viesse ser entrevistado, mas por coisas de emissoras não deu certo”. Agora, pretende tirar proveito das facetas do amigo. “Algo que ele faz muito é improviso.  O Luque é um gênio do humor, além dos personagens, tem um humor que pode usar de cara limpa.”

“Missão cumprida”
Luque descarta enveredar pela teledramaturgia, como fez Monica Iozzi. “Não tenho vontade de fazer novela, gosto mais de trilhar esse caminho que estou fazendo do humor, brincar com personagens. Espero encontrar a Monica e o Cortez antes do amigo secreto de final de ano”, brinca. E considera a trajetória no programa que o tornou conhecido na TV uma etapa bem vivida em sua carreira.

 

“Saí do ‘CQC’ com sensação de missão cumprida, o programa cumpriu sua missão e só abriu portas para a gente. Sou humorista, mas ali ficava preso entre o humor e o jornalismo. Agora podemos mostrar que fazemos mais que isso.”

*colaborou Giulia Bressani

Autor: Tags: , , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.