Publicidade

quarta-feira, 20 de abril de 2016 Entrevista, Jornalismo, Programa | 09:00

Guga Noblat: “O sobrenome abre portas mas, se não mostrar trabalho, elas se fecham para sempre”

Compartilhe: Twitter
O ex-integrante do "CQC" estreou em "A Liga" na última segunda-feira (18)

O ex-integrante do “CQC” estreou em “A Liga” na última segunda-feira (18) (Fotos: Divulgação/Band)

Guga Noblat é mais um ex-integrante do “CQC” a conseguir um espaço na TV após o fim do programa, assim como Marco Luque e Rafael Cortez (que estão na Globo). Ele voltou ao ar na última segunda-feira (18), na nova temporada de “A Liga”, ao lado de Maria Paula outra estreante na atração –, Thaíde e Mariana Weickert.

guga noblat a liga

“A Liga” reestreia mostrando como vivem os bilionários

Ele conta como foi essa transição. “Meio que sou prata da casa da produtora (a mesma de seu antigo programa). Antes de ser repórter eu era produtor de conteúdo de política lá, estava do lado do Danilo (Gentili), da Monica (Iozzi). Quando pedi pra fazer o teste pra repórter do ‘CQC’, deixei claro que tinha a intenção de ser de ‘A Liga’ também. Saí do programa ano passado quando o foco não era mais política e este ano, quando soube da nova temporada da ‘Liga’, mandei um whatsapp dizendo: ‘Não esqueçam de mim’. Em dois meses me chamaram”.

Maria Paula volta à TV em “A Liga”

Mariana Weickert, Thaíde, Guga Noblat e Maria Paula na coletiva do programa

Mariana Weickert, Thaíde, Guga Noblat e Maria Paula na coletiva do programa

Filho do jornalista Ricardo Noblat, Guga não esconde que o sobrenome deu uma ajudinha no começo da carreira. “Sou amigão do (Marcelo) Tas, ele conhecia meu pai de nome e me indicou para o ‘CQC’. O nome abre portas, mas se você não mostrar trabalho elas se fecham para sempre, pois já te aguardam com outra expectativa”. Apesar disso, não escapou dos testes. “Fiz dois para virar produtor e dois para repórter do ‘CQC’. Na ‘Liga’ também me testaram, não contrataram logo de cara”.

26023140920_a54e024a3d_oO caçula da atração garante que mantêm um bom relacionamento com seus ex-colegas. “Sou muito amigo de todos, não estou bancando o falseta. Torço por todos eles, é uma galera muito competente e o fato de boa parte estar na Globo é um bom sinal. Já eu estou muito feliz de estar na ‘Liga’. Não tem nada lá na Globo que me fizesse abrir mão do que tenho hoje aqui, de poder me envolver com uma gama de assuntos diferentes”.

“Saí do ‘CQC’ com a sensação de missão cumprida”, diz Marco Luque

Embora praticamente todos seus ex-integrantes já tenham sido remanejados no mercado televisivo, ele acredita que o “CQC” possa ser ressuscitado em 2018, como prometido no fim do ano passado. “Tem uma boa chance de voltar, há esse plano. Pode ser na Band ou em outro canal”. E reconhece que o programa foi fundamental em sua carreira. “Se não tivesse sido produtor lá não teria bagagem e cacoete para ser repórter. Foi o pontapé inicial para onde eu estou tentando chegar”.

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.