Publicidade

quinta-feira, 30 de junho de 2016 Crítica, Programa | 07:00

Com emoção e entrevistas bombásticas, Gugu vive seu melhor momento na Record

Compartilhe: Twitter

Gugu Liberato: mais uma vitória

Gugu Liberato parece ter encontrado a fórmula de sucesso para seu programa na Record. Depois de passar quatro anos no domingo sem a mesma popularidade que o consagrou neste dia nos tempos do SBT, o apresentador migrou para a semana no ano passado, aprendeu com os erros e acertos e, em 2016, formatou a atração que leva seu nome de forma a reconquistar o público.

Gugu goleia Ratinho às quartas-feiras

Gugu costuma levar a melhor sobre Ratinho no embate das quartas-feiras

Gugu costuma levar a melhor sobre Ratinho no embate das quartas-feiras entre Record e SBT

Ao invés da irregularidade de 2015 – quando, indo ao ar três vezes por semana (terças, quartas e quintas-feiras), alternava bons programas com outros extremamente fracos e desinteressantes – ele preferiu focar em apenas um dia e concentrar suas apostas em quadros com emoção e entrevistas bombásticas. O resultado veio no Ibope: em seu horário, raramente perdeu para Ratinho este ano, conquistando com vantagem a vice-liderança.

Cinco vezes que Gugu Liberato provou ser o rei da baixaria na TV

Além de entrevistar personalidades que andavam desaparecidas da mídia mas vivas no imaginário do público ou pessoas que se envolvem em polêmicas recentes, Gugu vem colocando nas últimas semanas famosos vestidos como mendigos pedindo dinheiro, comida ou roupas de frio no “Teste da Vida Real”. Tirando um ou outro quadro menos interessante eventualmente testado, o programa prende a atenção de quem é avesso ao futebol mas insiste em permanecer na TV aberta.

Autor: Tags: , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.