Publicidade

sexta-feira, 16 de setembro de 2016 Entrevista, Novela | 14:00

Adriana Lessa vive bom momento na TV e no teatro

Compartilhe: Twitter

Adriana Lessa se destaca na novela “Escrava Mãe” como a Condessa Catarina. Veja entrevista com a atriz sobre sua carreira:

adriana lessa escrava mae

Adriana Lessa voltou a se destacar na TV este ano, como a condessa Catarina da novela “Escrava Mãe”, da Record. Assim como com a Deusa de “O Clone” (2001) ou a Rita de “Senhora do Destino” (2004), ela vem roubando a cena na pele da ex-escrava que virou fidalga. Nos palcos, a atriz de 45 anos está em cartaz em São Paulo com o musical “Cartola – O Mundo é um Moinho”.
Em um bate papo delicioso, Adriana Lessa fala da composição da personagem, a parceria em cena com Cássio Scapin, os bons momentos da carreira e a fase como apresentadora de TV:

Escrava Mãe

A atriz aprendeu a tocar harpa para a personagem (Reprodução/Instagram)

A atriz aprendeu a tocar harpa para a personagem (Reprodução/Instagram)

Na TV: Como foi seu trabalho de composição para a condessa Catarina?

Adriana Lessa: Revisitei a história da diáspora africana e suas heranças, assim como a colonização de exploração realizada em nosso país e etiqueta européia. Existia resistência a esta cultura de escravização por parte de muitas mulheres e homens escravizados que fugiam e se agrupavam a outros descendentes africanos em locais rurais nos quais viviam da cultura de subsistência e resgatavam e preservavam suas manifestações culturais ancestrais que eram proibidas.
Mesmo com uma personagem mais leve, como é para você reviver essa época de seus antepassados?

A novela mostra aspectos importantes da história de nosso país que devem ser lembrados para que não se repitam. Entre eles, a falta de humanidade com que nossos antepassados foram tratados durante séculos no Brasil. A escravização e a exploração imprimiram profundas feridas e rupturas na construção da identidade de muitos povos, inclusive do povo brasileiro! Isso é muito forte!

Para a personagem você fez aulas de harpa… Como foi?

Fiz aulas com o professor musical e harpista Silas Lima, da orquestra Sinfônica de Campinas.  Foi revelador! A harpa possui um belissimo som!
Parceria com Cássio Scapin deu certo (Divulgação)

Parceria com Cássio Scapin deu certo (Divulgação)

A parceria em cena com Cassio Scapin deu certo…
Cássio Scapin é um cavalheiro! Sou grande admiradora de seus trabalhos. Um artista pesquisador, extremamente profissional e dedicado. Após tê-lo assistido em “Eu não dava praquilo”, criado por ele e Cássio Junqueira com direção de Elias Andreato, fiquei meses com suas cenas e sua energia reverberando em minha mente e em mim. Escrevi sobre isso para ele e também sobre o desejo de estar no momento certo e preparada para algum dia trabalharmos juntos. Aconteceu em “Escrava Mãe”!
Você disse que tinha engordado um pouco para a personagem. Conseguiu perder peso após as gravações ou gostou da nova silhueta?
Gostei de minha silhueta para o período das gravações de “Escrava Mãe”, embora pretenda eliminar peso para novos trabalhos.
Saiu uma nota no ano passado dizendo que você teria atrasado as gravações por não decorar o texto…
Tal nota foi uma inverdade  incompatível com o profissionalismo, respeito, ética e dignidade com as quais desenvolvo meus trabalhos e relações com meus colegas de profissão.

Carreira

adriana lessa senhora do destino

Adriana e o português Nuno Melo na novela “Senhora do Destino” (Divulgação/Globo)

Até hoje, mesmo 15 anos depois, você é lembrada também como a Deusa de “O Clone”. Considera a personagem mais importante de sua carreira?

Todos os trabalhos que realizei são importantes para mim.  Cada um deles é especial por cada tema abordado e desenvolvido. E por você mencionar “O Clone”, desejo trabalhar com Glória Perez, com Jayme Monjardim, vários colegas daquele elenco novamente, assim como com outros autores e diretores com os quais já trabalhei.
Pensa em voltar a apostar no lado apresentadora?
Em algum momento isso poderá acontecer. Fui convidada para apresentar os programas nos quais trabalhei (“Dance MTV”, “Telecurso 2000”, “Supermarket”, na Band, e “TV Fama”na Rede TV).

Você passou por várias emissoras. Como avalia sua carreira?

São 31 anos de contínuo estudo, aprendizado e aperfeiçoamento. Assim como busco a excelência em meu trabalho também espero me tornar um ser humano melhor a cada dia buscando, em mim, minha melhor versão . Esse conjunto da obra me interessa!
Na TV: E teatro?
Adriana Lessa: Estou em cartaz com o musical “Cartola, o Mundo é um Moinho”, no teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo. Venha nos assistir!

Autor: Tags: , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.