Publicidade

Arquivo da Categoria Em cena

segunda-feira, 1 de abril de 2013 Em cena, Jornalismo | 02:33

BandNews leva ao ar erro de geografia em telejornal e confunde Brasília com Rio de Janeiro

Compartilhe: Twitter

Imagem da falha levada ao ar no telejornal na madrugada de domingo para segunda

Pelo visto alguém dormiu no ponto na madrugada de domingo (31) para segunda-feira (1) na BandNews ou um funcionário pode ter faltado à aula de geografia. Num de seus telejornais,o canal a cabo exibiu um erro crasso. Ao mostrar que um repórter falava por telefone de Brasília, na região Centro-Oeste, a arte do noticiário – em forma de mapa – resolveu situar a capital federal no estado do Rio de Janeiro, no Sudeste. Não foi colocada uma correção no ar para o erro geográfico.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 18 de março de 2013 Em cena, Novela | 22:55

'Salve Jorge': Quatro perguntas que não querem calar sobre a cena da morte de Raquel

Compartilhe: Twitter

Raquel (Ana Beatriz Nogueira): mais uma vítima da seringa de Lívia (Claudia Raia)

Nesta segunda-feira (18), a seringa de Lívia (Claudia Raia) fez mais uma vítima, em “Salve Jorge”. Depois de ser flagrada conversando com Wanda (Totia Meirelles), a vilã deu cabo de Raquel (Ana Beatriz Nogueira) de maneira, no mínimo, equivocada. A cena em si mostrou a tensão necessária entre as personagens, mas confundiu pelo lugar em que foi ambientada. Um elevador de um hotel cinco estrelas. Não faltaram furos ou questionamentos sobre a sequência. A coluna lista quatro deles abaixo:

1) Ao discutir com Lívia, Raquel diz que vai denunciá-la e é seguida até o foyer do hotel, onde toda a imprensa está reunida. Melhor chance de chamar atenção e desbaratar uma quadrilha não haveria. Por que ignorar o burburinho e pedir um telefone celular emprestado? Não seria melhor garantir a própria segurança antes?

2) Com o sinal do celular ruim, Raquel decide entrar num elevador (!). Será que não havia um lugar aberto e público no qual ela pudesse fazer sua ligação?

3) Lívia mata Raquel no elevador de um hotel cinco estrelas. Obviamente, a questão que surge aqui é: “não teria a vilã se preocupado com as câmeras de segurança?”. Precavida contra críticas nas redes sociais, Gloria Perez tratou de esclarecer: “Antes que vcs perguntem: o elevador tem câmera sim, mas a Livia tem cúmplices no hotel”. Sendo assim, por que Lívia precisou fugir do hotel? E como ela sabia que justo naquele momento o funcionário da segurança que estava de plantão era seu cúmplice? E mais: mesmo vendo alguém sendo assassinada no elevador, ninguém acionou a segurança.

4) Por fim: Lívia não precisou fazer check-out do hotel em que estava hospedada? Fugiu sem pagar a conta e ninguém impedir?

Por pequenos, mas relevantes, detalhes como estes, uma boa sequência de “Salve Jorge” acabou prejudicada.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

Em cena, Jornalismo | 20:55

Gafe no ar: Problema técnico na abertura faz 'Jornal Nacional' ir ao ar sem anunciar as manchetes do dia. Assista!

Compartilhe: Twitter

Os espectadores do “Jornal Nacional” foram pegos de surpresa com um problema técnico nesta segunda-feira (18). As imagens de Patrícia Poeta e William Bonner congelaram por diversas vezes e sua fala foi interrompida por causa de um problema técnico. A falha obrigou os jornalistas a dar início ao telejornal sem anunciar as manchetes do dia. Assista abaixo:

Nas redes sociais houve quem brincasse afirmando que a abertura foi remixada. Outros, questionaram se a atração não vai mesmo ao ar ao vivo. A coluna explica: a escalada (como é chamado o segmento das manchetes) é exibido pré-gravado, mas o resto do jornal é transmitido em tempo real.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

domingo, 3 de março de 2013 Crítica, Em cena | 01:20

João Kleber 'recicla' participantes de programa do SBT na estreia do 'Teste de Fidelidade'

Compartilhe: Twitter

O casal que foi ao ar na estreia do "Teste de Fidelidade", da Rede TV!

A Rede TV! estreou na madrugada de sábado (2) para o domingo (3) o novo “Teste de Fidelidade” de João Kleber. A atração, que foi ao ar gravada, chamou atenção, no entanto, por contar com participantes já usados pela concorrência. O casal em questão foi visto na televisão um dia antes, no “Quem Convence Ganha Mais”, do SBT, apresentado por Christina Rocha. Como mostra abaixo a imagem:

Fábio usou até a mesma camisa em programa do SBT

O homem que teve a fidelidade testada, chamado Fábio, usou até a mesma camisa na atração do SBT. Com a esposa, Dani, com quem é casado há nove anos, participou de uma edição cujo tema era “O meu dinheiro é meu e o seu é nosso”. Dani também foi para o palco.

Dani discutiu com o marido também no SBT

No geral, o “Teste de Fidelidade” não parece apresentar algo muito diferente do que já mostrava há cerca de uma década. Entre as poucas novidades, está a participação de Natália Inoue, ex-participante da “Fazenda de Verão”, que ocupa o posto de assistente de palco e dá opinião sobre os casos mostrados. João Kleber continua o mesmo. Usa e abusa do bordão “Para, para, para!” e coloca lenha na fogueira ao mesmo tempo em que tenta acalmar a “traída” no palco. Pegou mal, no entanto, agradecer no ar a grande audiência de um programa pré-gravado.

A julgar pela repercussão nas redes sociais, o “Teste de Fidelidade” vai se transformar no que os americanos chamam de “guilty pleasure”. Um daqueles hábitos que ninguém assume com orgulho, mas adora em segredo. A coluna não resistiu até o fim da atração – que, pelo menos nos primeiros 50 minutos não deu respiro com intervalos comerciais mesmo quando começou outro teste. Mas, pelo que assistiu, já afirma que é impossível não dar uma única risada, ainda que nervosa. Seja pela nostalgia, seja pela tosquice.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 Em cena, Reality show | 03:59

'BBB 13': Pedro Bial conserta gafe de Ana Maria Braga e revela porcentagens do último paredão

Compartilhe: Twitter

Na edição do “BBB 13” desta quarta-feira (27) Pedro Bial quebrou o protocolo para consertar a gafe cometida por Ana Maria Braga no mesmo dia. O apresentador revelou as porcentagens e o número de votos do último paredão, que terminou com a eliminação de Eliéser.

A decisão pode mudar os rumos do jogo, na medida em que alguns participantes podem achar que Marcello virou um provável favorito ao prêmio por ter sofrido menos rejeição na última berlinda. Da mesma maneira, já se percebeu que a cabeça de Nasser está a prêmio, já que chegou perto de deixar a casa, com diferença de apenas 4%. Resta saber como os brothers interpretarão essas informações.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 Em cena, Reality show | 11:36

Gafe no ar: Ana Maria Braga entrega porcentagem de eliminação para participantes do 'BBB'

Compartilhe: Twitter

Ana Maria Braga conversa com Marcello e Nasser, vencedores do paredão

Ana Maria Braga deve ter levado uma bronca de Boninho na manhã desta quarta-feira (27). Tudo porque, ao aparecer ao vivo na casa do “BBB” por meio da televisão na sala, a apresentadora revelou a porcentagem da eliminação de Eliéser. “O que vocês acharam da eliminação do Elieser com 46% dos votos?”, questionou, para a surpresa de todos.

Desde a oitava edição do programa os números de votação são escondidos dos participantes para evitar que percebam tendências do jogo.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013 Em cena, Novela | 21:53

'Salve Jorge' e o polêmico cabelo de Morena

Compartilhe: Twitter

Morena (Nanda Costa): cachos volumosos só nas cenas gravadas na Turquia

Antes mesmo de “Salve Jorge” estrear, notícias dando conta de ajustes no visual de Nanda Costa foram publicadas. Houve quem dissesse que o megahair da protagonista teve de ser trocado várias vezes, fato não confirmado pela produção, que afirmou apenas ter mexido no volume dos cachos na época. Fato é que, agora que Morena está livre na Turquia, a personagem tem sido vista com dois tipos distintos de madeixas. A impressão do espectador é que depois de sobreviver a um atentado terrorista Morena fez baby liss na caverna de Zyah (Domingos Montagner) – o que não seria surpresa, com todo o aparato tecnológico de lá.

Demir (Tiago Abravanel) e Morena, agora com cabelos lisos e num coque

Ocorre que as cenas rodadas no exterior foram captadas antes dos ajustes no visual de Morena. Como dá para perceber, Nanda Costa aparece com cachos volumosos em externas. Já nas sequências de cidade cenográfica e estúdio, o cabelo está diferente, bem mais liso. A produção arranjou um jeito de disfarçar: a atriz aparece fazendo um coque e mantem os fios presos. Ocorre que a base deles segue lisa. Ainda que não queira, “Salve Jorge” sofrerá com erros de continuidade.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , ,

domingo, 17 de fevereiro de 2013 Em cena, Humor | 23:16

Depois de ser proibido pela Justiça, 'Pânico na Band' volta a imitar Silvio Santos na estreia de nova temporada

Compartilhe: Twitter

Emilio Surita surgiu vestido como o dono do SBT

Depois de uma batalha na Justiça que terminou com a encenação de um enterro do personagem, o “Pânico na Band” voltou a satirizar Silvio Santos. Na estreia da nova temporada do programa, a maior parte dos humoristas surgiu fantasiado como o dono do SBT.

Também vestido como Silvio Santos, Ceará conversa com Emilio Surita

Em junho do ano passado, a trupe foi proibida de imitar o apresentador e impedida de se aproximar a menos de cem metros do dono apresentador. A decisão foi deferida pelo desembargador Vito Guglielmi, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e tem validade imediata. A alegação do homem do Baú era de que o programa colocou um palavrão em sua fala por meio de dublagem

Guilherme Santanna e Ceará brincaram com Evandro Santo

A coluna tentou entrar em contato com a assessoria da Band para descobrir se a liminar contra a atração foi suspensa, mas não obteve sucesso até o fechamento desta nota.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 Briga pela audiência, Crítica, Em cena | 15:56

Buscando audiência com tragédia, Geraldo Luís pisa fundo no sensacionalismo e mostra como a TV pode ser mal utilizada

Compartilhe: Twitter

Geraldo Luís transformou seu cenário em boate, com direito a gelo seco

Quem sintonizou na Record no horário da almoço foi pego de surpresa com um tratamento incomum à cobertura da tragédia de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. À frente do “Balanço Geral”, Geraldo Luís especulava sobre o incêndio num cenário de péssimo gosto. Todo o programa foi transformado numa boate. E mais: houve até gelo seco para simular fumaça. Cenas como essa mostram não só a falta de sensibilidade da produção para com um assunto tão delicado quanto muita disposição para ganhar audiência na base do vale tudo.

Fatalidades como esta invariavelmente costumam aumentar os índices das emissoras, que põem seu jornalismo de plantão na cobertura. E foi o que ocorreu. O “Fantástico” do último domingo (27), por exemplo, registrou a maior audiência desde junho do ano passado: 26 pontos. A Band, que ancorou a tragédia com Datena, ao vivo, teve aumento de 29% na média diária. E a porcentagem de televisores ligados também foi expressiva: 46% (contra 40%, uma semana antes).

Usar de artifícios como o de Geraldo Luís não é só covarde, como desrespeitoso para com a família das vítimas.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013 Em cena, Seriado | 23:43

Abertura de 'Pé na Cova' usa filme antigo da Disney como referência. Assista e compare!

Compartilhe: Twitter

Grande estreia da Globo na quinta-feira (24), “Pé na Cova” chamou a atenção não apenas pelo humor popular de Miguel Falabella, mas também pela abertura divertida. O que não passou despercebido aos olhos dos amantes do cinema, no entanto, foi a clara inspiração da vinheta a um curta-metragem dos primórdios da Disney, “Skeleton Dance”, de 1929, que integra a coletânea de “Silly Simphonies” do estúdio. Ambas as produções mostram esqueletos dançando.

Leia a crítica do episódio de estreia de “Pé na Cova”

Assista abaixo ao original da Disney e compare, a partir dos dois minutos e meio:

O recurso de esqueletos dançando já foi usado também por Tim Burton, em “A Noiva Cadáver”, da Warner, que tem uma sequência de troca de cabeças parecida com a Globo:

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última