Publicidade

Arquivo da Categoria Jornalismo

quarta-feira, 9 de novembro de 2011 Jornalismo | 14:45

SBT aposta em nome jovem e contrata comentarista de esportes para seus telejornais

Compartilhe: Twitter

Bruno Vicari: o novo Tiago Leifert?

Desde a última segunda-feira o SBT apresentou um rosto mais jovem em seus telejornais. Preocupado em alavancar a audiência do “SBT Brasil”, o canal contratou o jornalista Bruno Vicari, mais conhecido por trabalhos na Jovem Pan e por manter um blog sobre corridas. À primeira vista, é impossível não comparar Bruno, de 28 anos, com Tiago Leifert, da Globo. O estilo é diferente, mas o visual é parecido. Ele estará diariamente comentando os principais assuntos esportivos com Joseval Peixoto e Rachel Sheherazade.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 4 de novembro de 2011 Bastidores, Jornalismo | 13:34

De olho na Copa do Mundo e nas Olimpíadas, CNN abre escritório em São Paulo

Compartilhe: Twitter

A CNN resolveu fincar os dois pés no Brasill. O canal confirma a abertura de um escritório em São Paulo para dar suporte à cobertura de eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. A jornalista que dará início a filial do canal americano é Shasta Darlington, que já esteve por aqui reportando sobre as últimas eleições, cobriu a doença de Fidel Castro e morou na Itália e no México por um tempo. Ainda não há informações sobre a vinda de outros jornalistas.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags:

segunda-feira, 31 de outubro de 2011 Bastidores, Em cena, Jornalismo | 16:15

Globo estuda processar agressores que invadiram link ao vivo e orienta repórter a fazer boletim de ocorrência

Compartilhe: Twitter

Monalisa Perrone: "Levei um susto enorme", afirmou a repórter

Dada a repercussão da agressão sofrida por Monalisa Perrone num link ao vivo, a Globo resolveu acompanhar o caso de perto. A emissora já acionou seu departamento jurídico para saber que medidas cabíveis podem ser tomadas. Da mesma maneira, a jornalista foi orientada a registrar boletim de ocorrência. Além de ser empurrada, ela levou uma joelhada nas costas e arranhou a perna. No próprio “Jornal Hoje”, a repórter comentou a agressão: “Levei um susto enorme. Estou tremendo. Em vinte anos de carreira isso nunca me aconteceu, um desrespeito enorme. Mas televisão ao vivo é isso”.

Esta não é a primeira vez que invadem o link de uma reportagem do canal de TV. No mês passado, um homem gritou “Cala a Boca, Globo” enquanto o jornalista Filippo Mancuso dava notícias sobre o vazamento de gás em um shopping.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 19 de outubro de 2011 Bastidores, Jornalismo | 11:54

Com saída de diretor, jornalismo do SBT repete problemas

Compartilhe: Twitter

O SBT acaba de oficializar a saída de Alberto Villas do comando de seu departamento de jornalismo. A notícia não é exatamente encarada como surpresa, uma vez que as mudanças implementadas pelo ex-diretor não surtiram efeito na audiência. Principal produto jornalístico da emissora, o “SBT Brasil” não emplacou na audiência – ficou na casa dos 5 pontos nos melhores dias, longe dos dois dígitos pretendidos. Mesmo com a proposta de se fazer um jornalismo mais “popular” e cheio de opinião, não conquistou o público. Da mesma maneira, a contratação de Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto não alterou os índices já alcançados por Carlos Nascimento, que foi relegado a horários ingratos.

Não é de hoje que o jornalismo do SBT vive tempos difíceis. Sempre que tenta emplacar um projeto mais sério, morre na praia. Em julho desse ano, a emissora já havia realizado demissões em seus quadros. Difícil entender porque o departamento não consegue se consolidar. Desde a saída de Boris Casoy, nos anos 90, tem tentado de tudo. Nomes como Ana Paula Padrão, Hermano Henning e Carlos Nascimento também não obtiveram o sucesso esperado. Há profissionais que se queixam de problemas de estrutura e falta de investimento. Agora, o jornalismo do SBT aguarda mais um comandante. Mas de nada adiantará fazer uma nova contratação se todo o projeto não for reformulado. Não dá para fazer telejornais com estrutura meia-boca. É preciso, sim, fazer um grande investimento. E rever alguns conceitos. Afinal, jornalismo popular não se resume a legendas divertidas exibidas em reportagens ou editoriais que procuram, mas não despertam polêmica nenhuma.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 7 de outubro de 2011 Em cena, Jornalismo | 13:36

Homem invade link de telejornal ao vivo para mandar a Globo calar a boca. Assista!

Compartilhe: Twitter

O repórter Filippo Mancuso passou por uma saia justa ao vivo na noite da última quarta-feira (5), durante um link ao vivo para o “SPTV”. Ao ser chamado por Carlos Tramontina para falar sobre a interdição do shopping Center Norte, em São Paulo, o jornalista foi surpreendido por um homem que passou em frente a câmera mandando a Globo calar a boca ao vivo. Assista ao momento no vídeo abaixo:

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 8 de setembro de 2011 Bastidores, Jornalismo | 11:12

Patrícia Poeta entrevistará a presidenta Dilma nesta quinta (8) e segue para Nova York

Compartilhe: Twitter

Patrícia Poeta: viagem a Brasília e Nova York no mesmo dia

Patrícia Poeta já está em Brasília, onde entrevistará a presidenta Dilma Rousseff nesta quinta-feira (8). A conversa, que será exibida no “Fantastico”, vai acontecer no Palácio da Alvorada. A jornalista vai mostrar um pouco da intimidade da mulher mais poderosa do país e pretende ouvir também a mãe da presidenta, Dona Dilma Jane Rousseff.

E o dia de Patrícia vai ser corrido. De Brasília, ela embarcará para Nova York, de onde apresentará o dominical da Globo ao vivo, por ocasião dos 10 anos dos atentados ao World Trade Center.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 1 de agosto de 2011 Briga pela audiência, Jornalismo | 19:53

Sem Datena, 'Cidade Alerta' volta a perder para 'Chaves'

Compartilhe: Twitter

William Travassos no "Cidade Alerta": em teste por uma semana

A saída de Datena da Record refletiu também em audiência. Nesta segunda-feira (1) o “Cidade Alerta” amargou o terceiro lugar de audiência, com média de 7 pontos. Com o antigo apresentador, a atração marcava entre 8 e 10 pontos. A concorrência era pesada: no mesmo horário, o SBT iniciou a exibição dos “episódios perdidos” de “Chaves” e garantiu a vice-liderança, com 8,6 pontos. Em determinados momentos, o seriado mexicano abriu quatro pontos de vantagem sobre o jornalístico agora comandado por William Travassos. A Globo seguiu líder com média de 28 pontos, segundo prévia do Ibope. Atualizado: No consolidado, o Ibope indica que houve empate entre Record e SBT, com 7 pontos cada.

Antes apresentador do “SP no Ar”, Travassos deve continuar no comando da atração até o fim da semana. Caso não consiga levantar a audiência, outros nomes serão cogitados. Marcelo Rezende e Reinaldo Gottino não foram descartados do posto.

Apesar de não ter notificado oficialmente a Record até esta segunda-feira de sua demissão, Datena aparecerá hoje na bancada do “CQC”, na Band, onde anunciará a volta à antiga emissora.

LEIA MAIS NOTÍCIAS EM TV & NOVELAS

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

Bastidores, Jornalismo | 15:15

Prejuízo da Record com Datena não se resumiu à multa; William Travassos deve ser o substituto

Compartilhe: Twitter

Datena: quase um mês sem intervalos comerciais

A Record tem mesmo motivos para estar brava com José Luiz Datena. Isso porque a ida do apresentador para a emissora deu mais prejuízo do que se imaginava. Não bastasse ter se livrado de uma dívida de R$ 15 milhões que havia contraído em 2002.

Os números são ainda maiores porque, para colocar o “Cidade Alerta” no ar novamente, a Record teve de montar uma nova equipe, levantar um cenário e realizar contratações. Levou a peso de ouro, por exemplo, o Comandante Hamilton, ganhando bem mais que o dobro do que lhe pagavam na Band. Da mesma maneira, Simão Scholz, editor-chefe do “Brasil Urgente”, mudou de canal. Ou seja: os gastos foram grandes.

E um detalhe deixa a conta ainda mais alta. Durante quase um mês a atração não teve intervalos comerciais, para evitar que a audiência zapeasse os concorrentes. Na prática, isso significa que o jornalístico não faturou nada nesse período. Uma situação alarmante.

A Record deve buscar o prejuízo na Justiça e cobrará de Datena tanto a multa que perdoou há alguns dias – com direito a registro em cartório – quanto a atual, na casa dos R$ 25 milhões. O apresentador deve alegar que nesse período trabalhou sob censura, já que todo o material do “Cidade Alerta” tinha de passar por prévia aprovação da direção e temas determinados – homossexualidade, por exemplo – eram vetados.

William Travassos, o possível substituto

Nos corredores da emissora, o nome de William Travassos é dado como certo para substituir Datena. Ele gravou pilotos durante esta tarde e deve ficar à frente da atração durante toda a semana. Na estreia com o novo apresentador, o “Cidade Alerta” amargou a terceira posição e voltou a perder para “Chaves”.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 29 de julho de 2011 Bastidores, Bomba, Jornalismo | 19:30

Datena confirma saída da Record: apresentador custará pelo menos R$ 26 milhões a Record e Band

Compartilhe: Twitter

Tão logo terminou o “Cidade Alerta” desta sexta-feira (29), José Luiz Datena confirmou o que a coluna publicou: pediu demissão da Record. O apresentador agradeceu à equipe técnica e disse: “Muito obrigado e até um dia”. Foi o fim de uma fase que durou apenas dois meses.

Com a saída, Datena terá custado somente à emissora de Edir Macedo uma bagatela de R$ 15 milhões. Este foi o valor que o canal perdoou pela multa de rescisão do contrato em 2002. A dívida até então estava na Justiça, mas foi perdoada com a volta do apresentador.

Se voltar de fato para a Band, Datena terá perdoada também a dívida de R$ 6 milhões da última rescisão com o canal de Johnny Saad, que, por sua vez, teria assumido o pagamento do débito de R$ 5 milhões deixado quando saiu da Rede TV!, em 2002.

Ou seja: somando na ponta do lápis, Datena deixou de dever nada mais, nada menos, do que R$ 26 milhões. Um bom negócio para ele, sem dúvida.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 28 de julho de 2011 Briga pela audiência, Em cena, Jornalismo | 14:37

Pressionado por audiência, Datena ameaça diretor do Ibope ao vivo. Assista!

Compartilhe: Twitter

Acabou a rápida lua-de-mel entre José Luiz Datena e a Rede Record. Contratado a peso de ouro para atingir dois dígitos de audiência, o apresentador tem dado médias de 8 ou 9 pontos nos últimos dias. E mais: na última segunda-feira, perdeu a vice-liderança para o seriado mexicano “Chaves”. A pressão é tanta que Datena resolveu se queixar com o diretor do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, reclamando que nem quando a concorrência vai para o intervalo seus números cresciam. “Mandou errado, leva porrada”, afirmou Datena. “Meus filhos choram quando você não me dá os pontos a que eu tenho direito”. Assista:

Nos bastidores, o clima não é dos mais tranquilos. Pegou mal o jornalista confirmar que voltou a negociar com a Band tao logo assinou com a Record. E, por causa disso, a emissora o proibiu de dar entrevistas.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 8
  3. 9
  4. 10
  5. 11
  6. 12
  7. Última