Publicidade

Posts com a Tag avenida brasil

sábado, 20 de outubro de 2012 Sobe e desce | 13:56

O legal e o mico da semana – De 13 a 19 de outubro

Compartilhe: Twitter

O LEGAL – O elenco de “Avenida Brasil”

Adriana Esteves e Vera Holtz: show de interpretação

É bem verdade que Adriana Esteves é o grande destaque da novela, mas seria injusto não citar o trabalho excelente de atores como Murilo Benício, Débora Falabella, José de Abreu, Eliane Giardini e Vera Holtz, que conferiram ainda mais tensão e vitalidade à trama da Globo. “Avenida Brasil” deixará saudade, mas seus personagens – carismáticos e dúbios – não cairão no esquecimento.

O MICO – O fim repentino do “Muito +”

Lysandro Kapila, Adriane Galisteu e Rita Batista: fora do ar

Tá certo que já se especulava sobre o assunto, mas a Band copiou Silvio Santos em seus piores tempos ao tirar do ar sem aviso o “Muito +”. O programa, que havia parado durante a semana das crianças, teve a volta anunciada pelos apresentadores – que seguem contratados – e pela emissora, mas acabou cancelado horas antes da exibição. Faltou uma satisfação para os espectadores. Foi uma surpresa desagradável.

Relembre os micos das semanas anteriores

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , ,

Novela | 03:09

'Avenida Brasil': Cinco perguntas que não querem calar sobre o último capítulo

Compartilhe: Twitter

Nina (Débora Falabella) esqueceu de adotar Picolé?

O último capítulo de “Avenida Brasil” garantiu audiência alta para a Globo e parou boa parte do país, mas nem todo mundo ficou totalmente satisfeito. A coluna, por exemplo, ganhou umas pulgas atrás da orelha. Vamos a elas:

1) Santiago sumiu?
A sequência da cena em que Carminha (Adriana Esteves) salva Tufão (Murilo Benício) e Nina (Débora Falabella) é um tanto esquisita. Tudo porque, depois de levar um tiro da filha, Santiago (Juca de Oliveira) simplesmente some. A polícia demora um monte a chegar – tempo para Carminha se declarar para Tufão – e o vilão e seu capanga desaparecem. Ora, com um tiro no pé ele poderia reclamar muito, se arrastar, etc. Além disso, não se revelou se ele foi condenado ou preso.

2) Jorginho esqueceu de adotar Picolé?
Há alguns capítulos, Nina propôs a Jorginho (Cauã Reymond) adotar Picolé (João Fernandes). Os dois ficaram de pensar no assunto e, pelo visto, mudaram de ideia, já que anos se passaram e ninguém soube o que aconteceu com o garoto.

3) Que fim levaram Valdo, Betânia e Begônia?
Os três personagens, que tiveram participação importante na vingança de Nina, simplesmente foram esquecidos. Begônia (Carol Abras) voltou para a Argentina e nunca mais viu a irmã. Valdo (João Henrique Gago) desapareceu depois de aprontar contra a colega. E Betânia (Bianca Comparato) foi solenemente ignorada. Uma pena.

4) Quando Jorginho teve uma infância feliz com os pais?
Há alguns meses, quando Jorginho começou a ter memórias de sua infância, ele lembrou que já viveu num lar feliz, com mãe e pai. Ocorre que Carminha e Max (Marcello Novaes) nunca foram oficialmente casados e nunca deram mostras de que tiveram um lar estável. Um detalhe que seguirá inexplicado.

5) Afinal, Adauto era ou não analfabeto?
Difícil entender o tão falado analfabetismo de Adauto (Juliano Cazarré). Afinal, como foi mostrado no último capítulo, seus colegas de internato descobriram seu vício em chupeta. Na idade em que tudo ocorreu ele já deveria aprendido a ler e escrever há um bom tempo!

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 19 de outubro de 2012 Crítica, Novela | 23:23

'Avenida Brasil': Final supera audiência de 'Fina Estampa' e consagra Adriana Esteves como destaque da trama

Compartilhe: Twitter

Carminha (Adriana Esteves), Nina (Débora Falabella) e TuFão (Murilo Benício)

Se nos últimos tempos a Globo enfrentou dificuldades com suas novelas da nove – que quando emplacavam em audiência não agradavam a crítica e vice-versa -, com “Avenida Brasil” a emissora voltou aos bons tempos. A trama escrita por João Emanuel Carneiro não só virou um fenômeno de repercussão, mas também agradou aos especialistas. Assim como ocorreu com “Fina Estampa”, o folhetim voltou sua história para a tão falada classe C, mas foi além ao imprimir um tom de direção mais arrojado e um enredo bem intrincado.

Nina (Débora Falabella) passou longe de ser uma mocinha tradicional e deixou o público confuso com obsessão pela vingança contra Carminha (Adriana Esteves), que, por sua vez, todos amavam odiar. Sucesso anunciado e com valores de intervalo inflacionados, o último capítulo da novela seguiu intenso em seu começo, mas deixou no ar uma pergunta: afinal, é crível que uma vilã tão má se redima de uma hora para a outra. É bem verdade que Carminha assumiu a culpa por ter matado Max (Marcello Novaes), mas ainda assim a personagem pareceu mudar de rumo. O fato o de assassinato estar em suas mãos parece ter sido uma maneira do autor, João Emanuel Carneiro premiar Adriana Esteves, grande destaque da novela desde o primeiro dia, mas não deixa de frustrar o espectador que esperava uma surpresa. O recurso da obviedade no “quem matou?” já foi usado em tramas como “Celebridade” e “Paraíso Tropical”, e, com isso, “Avenida Brasil” perdeu a chance de preservar seu mistério de maneira mais eficiente.

No todo, esta novela é bem acima da média, mas há que se dizer que sofreu de alguns – poucos – problemas. Por exemplo: os núcleos coadjuvantes não eram tão interessantes quanto o principal e, por vezes, entediavam, especialmente o núcleo Cadinho (Alexandre Borges), que acabou salvo pela ótima química entre Carolina Ferraz, Débora Bloch e Camila Morgado, além da luxuosa participação de Betty Faria. Da mesma maneira, houve um pouco de “barriga” entre uma virada e outra. Detalhes, no entanto, que não afetaram sua narrativa e não a impediram de entrar para a memória dos brasileiros. Finais como o de Adauto (Juliano Cazarré) apesar de toscos na ideia, garantiram boas risadas na execução, de tão surreais.

Se na estreia “Avenida Brasil” resgistrou modestos 37 pontos, agora chega ao fim consolidada acima dos 40. De acordo com a prévia do Ibope, o último capítulo marcou média de 51 pontos – com pico de 54 -, mais que “Fina Estampa”. O número é quase 13 vezes mais que o registrado pela Record no horário, que teve 3,6 pontos. O índice é o recorde da novela desde o começo.

Compare os números dos finais das últimas novelas das nove:

“Avenida Brasil” – 51 pontos com pico de 54

“Fina Estampa” – 47 pontos com pico de 50

“Insensato Coração” – 47 pontos com pico de 51

“Passione” – 52 pontos com pico de 54

“Viver a Vida” – 46 pontos com pico de 52

“Caminho das Índias” – 55 pontos com pico de 59

“A Favorita” – 50 pontos com pico de 53

Resta a Globo torcer para que “Salve Jorge”, que estreia segunda-feira (22), segure o interesse de todos da mesma maneira que “Avenida Brasil”. Porque, certamente, o público estará saudoso do povo do Divino.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

Briga pela audiência, Novela | 13:14

'Avenida Brasil': Penúltimo capítulo tem audiência alta, mas não bate recorde

Compartilhe: Twitter

Nina (Débora Falabella): tentativa de resgatar Tufão (Murilo Benício)

Apesar de todo o barulho em torno de sua reta final, o penúltimo capítulo de “Avenida Brasil” não registrou recorde de audiência. De acordo com o Ibope, o episódio que mostra o sequestro de Tufão (Murilo Benício) e a tentativa de Nina (Débora Falabella) resgatá-lo marcou média de 48 pontos, menos que os 49 do último dia 8, quando Carminha (Adriana Esteves) foi desmascarada. O pico foi de 52 pontos. No Rio de Janeiro, a média foi de 51 pontos.

Ainda assim, o índice é alto. A novela marcou 72% de share, o que significa que de cada 10 televisores ligados, 7 estavam sintonizados no folhetim.

Saiba os finais alternativos gravados para o assassino de Max

O capítulo da última quinta-feira (19) mostrou ainda Lucinda descobrindo que Santiago (Juca de Oliveira) não vale um tostão furado. Justiça seja feita: um show de interpretação e Vera Holtz em cenas de arrepiar.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

Bastidores, Novela | 06:00

'Avenida Brasil': Último capítulo terá cerca de duas horas e centenas de anunciantes. Saiba quanto custa o intervalo!

Compartilhe: Twitter

Adriana Esteves, Débora Falabella e Murilo Benício: novela é sucesso de faturamento

A Globo pretende faturar o quanto pode com o sucesso de “Avenida Brasil”. Para se ter uma ideia, o último capítulo da novela terá 70 minutos de arte, o que significa que, no todo, os espectadores terão praticamente duas horas de novela no ar se somados os intervalos. Além disso, o preço do anúncio inflacionou. Se um break de 30 segundos de abrangência nacional custava cerca de R$ 450 mil, agora o valor subiu para R$ 700 mil. E ainda assim a procura foi grande.

Saiba os finais alternativos gravados para o assassino de Max

Há dois meses todos os espaços comerciais da novela foram vendidos. E, em todo o país, somando também transmissões de propaganda regional, serão quase 500 anunciantes. Na reprise, no sábado, o número cai para cerca de 350, já que o capítulo vai ao ar com duração menor.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 18 de outubro de 2012 Bastidores, Novela | 17:39

'Avenida Brasil': Atores gravam finais alternativos para morte de Max. Saiba quais!

Compartilhe: Twitter

Jorginho (Cauã Reymond): na lista de possíveis suspeitos

O clima de mistério tomou conta do Projac. Com as gravações encerradas em praticamente todos os núcleos, a equipe de “Avenida Brasil” voltou a trabalhar nesta quinta-feira (18) para rodar as cenas em que o assassino de Max (Marcello Novaes) será revelado. Entre os envolvidos na sequência estão Murilo Benício, Adriana Esteves, Débora Falabella, Cauã Reymond, Claudia Missura, Eliane Giardini, Marcus Caruso, Letícia Isnard, Vera Holtz, Bianca Comparato, Juca de Oliveira e Mário Hermeto.

A coluna apurou que a cena que Carminha assume o assassinato de fato vai ser rodada, mas pode haver uma virada. Num dos possíveis finais, ela se diz culpada mesmo não tendo matado o amante. Explica-se: o verdadeiro criminoso pode ser Jorginho. Para evitar que o filho seja preso, a vilã se acusa. Com isso, vai presa, mas ganha o perdão da família Tufão.

Outros dois finais apurados pela coluna dão conta de que Tufão seria o assassino, assim como a própria Carminha. Mais dois finais serão gravados ainda nesta quinta. Nesta última semana, várias cenas falsas têm sido rodadas para evitar o vazamento da história e confundir a equipe. O último capítulo da novela das nove vai ao ar nesta sexta (19).

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 17 de outubro de 2012 Em cena, Novela | 22:19

'Avenida Brasil': Capítulo desta quarta (17) teve 'dupla morte' de Nilo, blusa furada e desleixo no sequestro. Veja!

Compartilhe: Twitter

Exatamente por estar todo mundo ligado na última semana de “Avenida Brasil”, pequenas falhas começam a surgir. O capítulo desta quarta-feira (17), despertou vários questionamentos. Vamos a eles.

Nilo morreu duas vezes?

Primeira cena: Nilo "morre" de olho e boca abertos, cabeça tombada para trás

Quando chegou ao fim na terça-feira (16), a novela mostrou o personagem de José de Abreu com olhos sem vida, musculatura tensa e boca aberta, dando a entender que ele partiu dali para o Além, falando que via uma “luz”. O próprio vídeo no site da trama descreve a sequência assim: “Nilo morre nos braços de Nina”.

Segunda cena: olhos semi-cerrados, boca meio aberta e menos tensão

Qual não foi a surpresa dos espectadores ao ver, nesta quarta-feira (17), que o “homem do saco” continuava vivo por mais alguns minutos? No site, o título da cena seguinte: “Antes de morrer, Nilo conta sua história para Nina”. Houve, claramente, um erro de continuidade e direção de ator. Se a cena anterior termina com ele tenso e de boca aberta, a posterior começava com a boca quase fechada e postura mais relaxada. Quase pareceu que os efeitos da droga tinham sumido e ele estava sofrendo de um outro mal. Portanto, pode-se afirmar: Nilo “morreu” de formas diferentes. O desempenho de José de Abreu, no entanto, seguiu irretocável.

A blusa furada de Monalisa

Monalisa (Heloísa Perrissé): furo dos grandes no braço esquerdo da blusa

Repare no canto esquerdo da imagem acima, mais precisamente no braço de Heloísa Perrissé. Pergunta que não quer calar: Monalisa tem dinheiro para pagar R$ 15 milhões por um salão de beleza mas usa roupa furada?

Capangas com ou sem máscara?

Os capangas de Santiago: para bater em Lúcio, usam máscaras

Chama atenção que para dar uma surra num bandido sem um tostão furado os capangas de Santiago (Juca de Oliveira) tenham usado máscara. Para sequestrar o ricaço Tufão, no entanto, eles abriram mão do acessório, correndo o risco de ser reconhecidos facilmente. Ainda que entrassem disfarçados de garçons, ao se trancarem no banheiro com o jogador, deveriam ter coberto o rosto. Não que a coluna entenda muito de banditismo, claro.

Para sequestrar Tufão, os bandidos dispensaram o capuz

Nesta quinta-feira (18), Nina revelará para Lucinda que Santiago é mau-caráter e acabará virando refém do vilão junto com Tufão. O malandro vai exigir um resgate de R$ 20 milhões e um jatinho para fugir. Emoções finais.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

Briga pela audiência, Seriado | 12:37

'Tapas e Beijos' bate recorde de audiência

Compartilhe: Twitter

Fernanda Torres e Andrea Beltrão, as protagonistas de "Tapas e Beijos"

Quem mais tem se beneficiado dos altos índices de “Avenida Brasil” é o seriado “Tapas e Beijos”, que começa logo após a novela. A atração, estrelada por Andréa Beltrão e Fernanda Torres, bateu seu recorde de audiência na última terça-feira (16), com média de 31 pontos. A comédia já garantiu nova temporada para o ano que vem.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

Crítica, Novela | 10:26

'Avenida Brasil': Atualmente nas mãos do malvado Santiago, Carminha é vilã ou vítima?

Compartilhe: Twitter

Maldade justificada: Carminha (Adriana Esteves) tem sofrido nas mãos do pai

Desde que “Avenida Brasil” entrou no ar, muito se especulou sobre uma possível inversão de papéis entre mocinha e bandida. Afinal, a trama leva a assinatura de João Emanuel Carneiro, que confundiu muita gente ao revelar que a verdadeira vilã de “A Favorita” era a aparentemente pacata Flora (Patrícia Pillar). Na trama atualmente exibida pela Globo, os limites continuaram sendo testados. Nina (Débora Falabella) tentou se vingar de Carminha (Adriana Esteves) fazendo com que ela lhe servisse de empregada, tirando-lhe o dinheiro e até mesmo os longos cabelos loiros. Por sua vez, a megera deu a volta por cima e quase enterrou a cozinheira viva. Ainda assim, Carminha manteve-se impávida no posto de mau-caráter e o autor garantiu em entrevistas que Nina era “do bem”.

Nesta última semana da novela ficou claro que Santiago (Juca de Oliveira) não vale um único centavo e que agora mantém a vilã da história sob rédea curta, novamente a tênue linha entre bom mocismo e vilania volta a ser assunto. Afinal, haveria justificativa para todas as maldades cometidas por Carminha? Já se sabe que ex-mulher de Tufão (Murilo Benício) era abusada pelo pai e teve de fugir para o lixão, onde comeu o pão que o diabo amassou. Para sair de lá, teve de viver de golpes e até mesmo se prostituir. Agora, com uma mão na frente e outra atrás, a ex-(atual)-megera se vê no dilema de continuar aprontando ou se endireitar. Carminha já ameaçou revelar que Lucinda (Vera Holtz) foi presa injustamente e tem tentado resistir à chantagem emocional de Santiago. Nesse momento, o público parece apiedar-se dela.

Ao colocar Carminha nas mãos de um carrasco que a maltrata, a ameaça e exige que ela siga suas ordens, João Emanuel Carneiro consegue que o espectador nutra alguma simpatia pela vilã. A antagonista sempre foi uma personagem que todos amam odiar, mas nunca despertou pena – o que ocorre agora. Claro, além de mérito do texto, essa virada é fruto do bom trabalho de Adriana Esteves, mas até que ponto os erros de um vilão são justificados? Não seriam as pessoas más por natureza? A julgar pelo capítulo exibido na última terça-feira (16), Carminha não está totalmente redimida. Em dado momento, tratou com frieza a filha, Ágata (Anna Karolina) ao perceber que ninguém a observava. De burra ela não tem nada. Talvez de fato minta tão bem que até ela mesma acredite em suas lorotas. A vilã pode ser uma vítima momentânea, mas de mocinha não tem nada.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 16 de outubro de 2012 Novela | 15:58

'Avenida Brasil': Suelen ficará grávida sem saber se o filho é de Roni ou Leandro

Compartilhe: Twitter

Thiago Martins, Isis Valverde e Daniel Rocha: final feliz a três

Mais um final já pode ser adiantado em “Avenida Brasil”. Suelen (Ísis Valverde), Roni (Daniel Rocha) e Leandro (Thiago Martins) vão mesmo acabar juntos na novela das nove. E mais: a periguete ficará grávida, mas não saberá quem é o pai da criança. Os sintomas da gravidez vão ao ar já nesta terça-feira (16), quando a ariranha desmaia e deixa os rapazes preocupados. Detalhe: apesar da dúvida, nenhum dos rapazes vai querer saber de quem é a paternidade da criança.

Leia também: Saiba como será a morte de Nilo na novela!

Suelen também não deixará por menos e se recusará a usar bata para esconder a barriga. Continuará com roupas coladas ao corpo e barrigona de fora. No último capítulo, haverá ainda uma insinuação de que Roni e Leandro também estão se dando bem a dois.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última