Publicidade

Posts com a Tag emmy

terça-feira, 20 de novembro de 2012 Novela, Novidade | 02:28

Globo ganha prêmios em duas categorias do Emmy por 'O Astro' e 'A Mulher Invisível'

Compartilhe: Twitter

Rodrigo Lombardi, o protagonista de "O Astro"

A semana vai ser de comemoração na Globo. Na noite da última segunda-feira (19), a emissora saiu vencedora de duas categorias do Emmy, mais importante prêmio de televisão do mundo, graças a produções como “O Astro” e “A Mulher Invisível”.

Estrelado por Rodrigo Lombardi e Carolina Ferraz, o folhetim saiu campeão da categoria “Best Telenovela”. O autor Alcides Nogueira e o diretor Mauro Mendonça Filho subiram ao palco para receber o prêmio anunciado pelos atores Marcelo Serrado e a atriz da TV Azteca, Edith González.

Já o seriado protagonizado por Selton Mello, Luana Piovani e Débora Falabella ficou com o troféu na categoria “Comedy”. A estatueta foi entregue pelo ator americano Cheyenne Jackson ao diretor Claudio Torres e ao roteirista Mauro Wilson, durante a cerimônia de gala no Hotel Hilton, de Nova York.

Em 2009, a Globo já havia saído campeã do Emmy com a novela “Caminho das Índias”, curiosamente também estrelada por Rodrigo Lombardi. Já são oito os troféus acumulados pela emissora na premiação.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 19 de setembro de 2011 Crítica, Seriado | 01:09

Transmissão do Emmy mostra que TV a cabo brasileira ainda precisa aprender a respeitar espectadores

Compartilhe: Twitter

Jane Lynch, apresentadora do Emmy deste ano

Se na comédia o Emmy foi previsível na maioria de seus prêmios – consagrando merecidamente pelo segundo ano consecutivo a ótima “Modern Family” -, nas categorias de drama não faltaram surpresas. Para começo de conversa, produções bem-sucedidas como “Boardwalk Empire” e “Game Of Thrones” passaram praticamente despercebidas. A minissérie “Mildred Pierce”, que ganhou previsíveis prêmios de atuação, também foi preterida no principal troféu da noite.

Veja os principais looks do tapete vermelho do Emmy 2011

De uma maneira geral, esta edição do Emmy fugiu ao que se esperava dela. Mesmo comandada pela carismática Jane Lynch, foi fria e pouco empolgante. Também pecou por não homenagear Steve Carrell, que se despediu de “The Office”, e premiar Kyle Chandler, de “Friday Night Lights”, série que chega ao fim este ano. O troféu dado a Chandler teria de ser destinado ao incrível Steve Buscemi, de “Boardwalk Empire”. Houve premiações curiosas, mas merecidas também, caso de Melissa McCarthy, por “Mike and Molly”, e  Peter Dinklage, por “Game of Thrones”. Ao mesmo tempo, nomes como Laura Linney, Sofia Vergara, Tina Fey, Evan Rachel Wood e Amy Poehler também não mereciam passar despercebidos. Assim são as premiações.

Mas nada foi tão irritante neste Emmy quanto o descaso dos canais e operadoras de TV por assinatura para com seus clientes. Quem assistia a premiação na Warner pela Net não pôde ativar o recurso de áudio original. Ou seja: o espectador era obrigado a ouvir tradutores confusos que usavam expressões como “Se pá” e chamavam a TV de “tevelisão”, assim mesmo. Isso quando não tentavam imitar a voz dos atores. É um absurdo que este recurso não esteja disponível, absolutamente inconcebível. A Warner e a Net pagaram um mico feio e só mostraram descaso com seu público. Da mesma maneira, o red carpet transmitido pelo canal E! teve seus momentos bizarros. Os responsáveis pela tradução pareciam estar bêbados em alguns momentos. Constrangedor. Em termos de transmissão de grandes eventos, a TV por assinatura brasileira ainda tem muito a aprender.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , ,