Publicidade

Posts com a Tag ingrid guimarães

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 Bastidores | 10:32

Ingrid Guimarães volta ao GNT para temporada especial do 'Mulheres Possíveis'

Compartilhe: Twitter

Ingrid Guimarães: de volta ao GNT

Depois de uma incursão pelo universo masculino no ano passado, Ingrid Guimarães volta a falar sobre a ala feminina no GNT. A atriz voltará com uma nova temporada do “Mulheres Possíveis”, num esquema de especiais de verão. A estreia está marcada para 4 de fevereiro, às 22h30. Entre as convidadas estarão Fátima Bernardes, Flávia Alessandra, Fabiula Nascimento e Maria Clara Gueiros.

Ingrid, aliás, voltará em breve também às novelas. Ela estará em “Sangue Bom”, trama das sete escrita por Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari. Na história, ela viverá Tina e formará par romântico com Vitinho Barata, personagem de Rodrigo Lopez.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 Bastidores, Cinema em episódios | 15:32

Globo define filmes que exibirá no 'Festival Nacional', em janeiro

Compartilhe: Twitter

Ingrid Guimarães é a protagonista de "De Pernas Pro Ar"

A Globo já definiu parte dos filmes que exibirá no “Festival Nacional”, na primeira semana de janeiro. Quem dará o pontapé inicial, no dia 1º, é a comédia “De Pernas Pro Ar”, estrelada por Ingrid Guimarães e Maria Paula.

Além deles, a emissora selecionou “Muita Calma Nessa Hora”.

Os longas serão exibidos nos finais de noite.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 13 de maio de 2011 Bastidores, Bomba, Seriado | 19:15

'Batendo o Ponto' é cancelado pela Globo

Compartilhe: Twitter

A Globo tentou esperar, chegou a regravar alguns episódios, mas não adiantou: a audiência de “Batendo o Ponto” não subiu. Exibido após o “Fantástico”, o seriado estrelado por Ingrid Guimarães chegou a perder para o “Pânico na TV” em alguns momentos. O último episódio vai ao ar já neste domingo. Em seu lugar, será antecipado o “Domingo Maior”, que seguirá com exibição de filmes.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 18 de abril de 2011 Briga pela audiência, Seriado | 10:14

Sinal amarelo: 'Batendo o Ponto' perde para o 'Pânico na TV' e enfrenta audiência em crise

Compartilhe: Twitter

Claudia Mello e Ingrid Guimarães no episódio do último domingo (17)

Sucesso como especial de fim de ano com uma média de 28 pontos, “Batendo o Ponto” logo ganhou sinal verde da Globo para virar seriado. A estreia na grade de programação aos domingos, no entanto, não tem feito muito bem ao programa estrelado por Ingrid Guimarães. Desde que voltou ao ar, há três semana, a atração vem flutuando entre os 10 e 12 pontos de audiência. No último domingo (17), porém, a situação se complicou. A série amargou o segundo lugar perdendo para o “Pânico na TV” por 14,8 pontos contra 12,1, segundo a prévia do Ibope.

Na semana passada, “Batendo o Ponto” já havia ficado atrás do humorístico da Rede TV! por 15 minutos. Na Globo, comenta-se que essa temporada corre o risco de ser encurtada se não reagir nos próximos domingos.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 26 de dezembro de 2010 Entrevista | 10:45

Ingrid Guimarães: 'Chico Anysio é o nosso Chaplin'

Compartilhe: Twitter

Ingrid Guimarães será uma secretária em "Batendo o Ponto"

Nem a própria Ingrid Guimarães sabe como consegue fazer tanta coisa ao mesmo tempo. No começo deste ano, por exemplo, a atriz teve de se dividir entre os cuidados com um bebê recém-nascido, as apresentações da peça “Cócegas” – sempre acompanhada da colega Heloísa Perrissé -, as gravações da novela “Caras & Bocas” e as filmagens de “De Pernas Para o Ar”, longa dirigido por Roberto Santucci, que chega aos cinemas no dia 31 mas já pode ser visto em sessões de pré-estreia em algumas cidades. Isso para não contar as participações esporádicas como a fantástica Leandra Borges, a supermodelo que só come gelo e alface. “Sou dessas que já faz uma coisa pensando na próxima”, diverte-se a multi-mulher, que poderá ser vista nesta terça-feira (28) como Val, uma secretária suburbana no especial de fim de ano “Batendo o Ponto”, da Globo.

Vista com bons olhos pela emissora, a sitcom dela ganhar uma vaga na grade fixa do próximo ano, como adiantou a coluna. Já há, inclusive, oito roteiros prontos. Da mesma maneira, “De Pernas Para o Ar” deve ganhar uma continuação. No filme, Ingrid e Maria Paula vivem donas de uma sex shop. Pelo visto 2011 também vai ser um ano cheio de compromissos para a bela. A atriz conversou com a coluna.

IG: Você rodou de “Pernas Para o Ar” pouco depois de dar à luz e já estava em plena forma.
INGRID GUIMARÃES: Pra mim, o mais difícil foi filmar amamentando, num calor imenso, tendo de parar de três em três horas. E eu tinha de estar em forma mesmo, é o meu trabalho, apesar de que tenho uma genética que ajudou. E essa protagonista vive um dilema que eu acho que é um assunto importante de ser discutido agora e ainda faz isso de uma maneira divertida. É um filme bacana para esse momento. É uma coisa que eu vivo e que vejo que minhas amigas vivem. Administrar carreira, família, amigos é um dilema mesmo.

IG:  Deve ser difícil ser uma mulher bem sucedida, acabar ganhando mais que o namorado…
INGRID GUIMARÃES: Já aconteceu de eu ganhar mais que namorados meus, mas eu também de uma certa maneira acabo atraindo homens para quem isso não é uma coisa dramática. Mas minha personagem nem deve ganhar mais que o marido, necessariamente, mas ela poderia ser uma provedora. Aliás, antes do filme fiz um trabalho de ficar mais masculina, mais endurecida antes da virada da personagem. Hoje, a gente tem de tomar cuidado para não virar macho. Às vezes me pego em casa dando ordens “amor, faz não sei o quê, liga não sei pra onde”, quando vejo estou igual a um general em casa. A gente tem de tomar cuidado para não virar um homem. Mas hoje tem um novo homem que não se importa tanto com essa mulher bem-sucedida, mais compreensivo.

A atriz numa cena do filme "De Pernas Para o Ar"

IG: Você sempre quis fazer comédia? Uma de suas primeiras personagens na TV, que por sinal está no ar na reprise do Canal Viva, era uma divertida empregada em “Por Amor”.
INGRID GUIMARÃES: Foi a primeira coisa que fiz na televisão. Eu era uma cara nova, tinha um personagem pequeno, que por ser muito carismático foi crescendo na trama. Me lembro que perto do final da novela eu já estava sentando na mesa com a Vera Holtz, que era minha patroa. (risos). Sempre tive muita facilidade para o humor e como ele é uma matemática, uma musiquinha, quem faz, faz, quem não faz, não faz. Sou CDF, cheguei a estudar no CPT com Antunes Filho, ninguém acredita. (risos) Fiquei um ano lá, mas sempre fui uma atriz muito intuitiva. Fiz vários cursos livres. O que aprendi na minha vida foi no palco. Fiquei em cartaz com “Confissões de Adolescente” por cinco anos, dos 16 aos 21, viajei o Brasil nesse tempo todo. Mas estudo muito. Automaticamente fui indo para a comédia de uma maneira natural e também por uma coisa de oferta e procura. Tem menos gente que faz. Comédia também é muito autoral, gosto de escrever coisas mais próximas do meu universo, da minha embocadura. A peça “Cócegas”, por exemplo eu escrevi junto com a Lolô (Heloísa Perrissé).

IG: Pretende retomar a parceria com a Heloísa num projeto para a TV em algum momento?
INGRID GUIMARÃES: Com certeza. A gente até conversou sobre isso outro dia, queremos muito, mas agora nosso próximo projeto é fazer um filme de “Cócegas”. Em 2011 queremos finalizar o roteiro e filmar em 2012.

IG: E “Batendo o Ponto”? Tem a ver com o seriado “The Office” como alguns disseram?
INGRID GUIMARÃES: Não tem a ver com “The Office”, é muito mais popular. E para mim é ótimo porque há muito tempo não faço um personagem popular, já que recentemente eu vim de Leandra Borges, que é aquele glamour puro, depois “Caras & Bocas”, que era uma perua e no filme faço uma executiva de classe média. A Van, minha personagem em “Batendo o Ponto” é bem popular. Ela é secretária de uma empresa de cola em São Cristovão, no Rio. Ela não é bilíngue, não fala nem espanhol, não transa com o chefe, nem usa roupa de secretária. É aquela mulher que pega duas vans para ir ao trabalho, cria uma filha de 15 anos com um pai que é desconhecido… Glamour zero. No início do programa ela até fala que todo mundo quando ouve falar na profissão pensa numa secretária executiva de uma grande empresa. Ela não é nada disso.

IG: O que você pode adiantar sobre o programa?
INGRID GUIMARÃES: É uma comédia sobre o universo corporativo. Se passa numa empresa de cola onde há personagens populares identificáveis com milhões de brasileiros que batem o ponto todo dia. Então tem o puxa-saco, o chefe, o gay que não pode dizer que é gay por causa do mundo machista, o office boy… Criação do Paulo Cursino, que me convidou há um ano e escreveu pensando em mim. Fico muito feliz por protagonizar o programa e fazer uma personagem diferente de tudo o que já fiz. Sem falar que tem uma turma maravilhosa, né? Pedro Paulo Rangel; Luis Miranda, que é um parceiro antigo meu; Alexandre Nero, que é meu par romântico; Stênio Garcia. E nesse momento de vida, em que tenho de cuidar de um bebê pequeno, fazer um programa em que grave menos é ótimo. Acho ótimo que seja um programa popular, feito para o povo mesmo.

IG: Gosta de sitcoms?
INGRID GUIMARÃES: Sou viciada! É o que eu mais gosto de ver. Assisto muito “Seinfeld”, na madrugada, quando não se tem o que fazer, é o que mais amo. “Friends”, fui viciada em “Sex and the City”, do nível entrar na fila por um autógrafo da Sarah Jessica Parker. (risos) Hoje adoro “Desperate Housewives” e “30 Rock”. Amo a Tina Fey. Quero ser igual a ela quando crescer. Este foi um programa, aliás, que assisti muito para me inspirar pro “Batendo o Ponto”. Acho a Tina Fey uma gênia. Adoraria que o Brasil criasse uma cultura de sitcom. Acho bacanésimo o que a Globo está fazendo. Fiquei quatro anos com um seriado no ar (“Sob Nova Direção”) e chega uma hora em que é difícil ter ideia, se renovar. É legal ser por temporadas e dar um respiro entre uma e outra. Chegará uma hora que o público brasileiro de TV terá de se acostumar a ver seriado.

IG: E Leandra Borges, vai continuar de férias?
INGRID GUIMARÃES: Vai. Leandra é uma carta na manga para mim. Entre um trabalho e outro sempre faço algo com ela. Pouco antes de rodar o filme resolvi trazer ela de volta e promovi o grande encontro dela grávida com a Gisele Bundchen. Também fiz ela na Copa, usando roupas verde e amarelo, que são cores nas quais todo mundo fica uó. (risos) Tenho a ideia de fazer um filme sobre ela num estilo meio “Borat”, que é outro que sou fã. Um filme que seja meio documental e ao mesmo tempo ficção. Mas ainda é uma ideia minha e da Claudia Jovan.

IG: Uma das primeiras aparições dela foi na “Escolinha do Professor Raymundo”…
INGRID GUIMARÃES: Ela surgiu no “Cócegas” e aí o Chico Anysio me chamou para ela ser amiga da Taty (personagem de Heloísa Perrissé) na “Escolinha”. Mas fiquei três meses só porque o programa acabou. Aí depois que fizemos o “Sob Nova Direção” ofereci a personagem para um quadro no “Fantástico” e foi ótimo porque eu também escrevia e tinha o domínio de fazer. Foi um sucesso. Entre o público gay, maquiador, cabeleireiro e o povo de moda… Todos amavam. Eu ia gravar no Fashion Week e as pessoas corriam chamando pela Leandra. Eu amo fazer, é uma sátira ao mundo da moda, porque ele se leva muito a sério. É engraçado.

IG: Como foi sua relação com o Chico Anysio, que vem de uma escola de humor mais antiga?
INGRID GUIMARÃES: O que aconteceu comigo e o Chico foi o seguinte: eu saí de Goiânia para o Rio e ele foi o primeiro cara com quem trabalhei na minha vida. Fiz “Chico Total”, aquele clássico que agra reprisa no Canal Viva. Teve uma época em que o programa resolveu se renovar e eles fizeram testes com todos os comediantes do Rio de Janeiro. E passaram quinze: entre eles estavam eu, Heloísa Perrissé, Alexandra Richter, Mônica Martelli, André Mattos, Luis Carlos Tourinho, todo mundo que está fazendo sucesso hoje. Foi onde conheci a Heloísa, inclusive. Então eu comecei com Chico Anysio. É um humor mais antigo, mas o cara é um gênio, ele foi minha referência de infância junto com o Jô Soares. Para mim, foi uma emoção gigante. Chico Anysio vai entrar para a história como o nosso Chaplin. O cara tem 250 personagens. Cresci vendo aquele homem.

IG: Lembra de histórias engraçadas?
INGRID GUIMARÃES: A primeira coisa que fiz com ele foi o pastor Tim Tones, eu era a mulher dele. E o Chico grava sem corte, ele não repete. Foi uma grande escola para mim. Na minha primeira gravação com ele eu caí por causa das bolinhas de sabão e em vez de parar ele continou e disse: “querida, levante do chão”. Com ele aprendi muito essa coisa do momento, ele foi muito importante para mim. O Chico sempre nos deu muita força, inclusive na época que íamos estrear “Cócegas”, nos indicou para muita gente. Nossa primeira entrevista no Jô a gente fez por causa dele que ligou pedindo para a gente ir lá. Ele é um padrinho para mim e para a Lolô.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 14 de dezembro de 2010 Bastidores, Humor | 14:17

Especial estrelado por Ingrid Guimarães deve entrar para a grade da Globo em 2011

Compartilhe: Twitter

Ingrid Guimarães será a secretária Val, em "Batendo o Ponto"

A Globo parece ter gostado tanto do resultado do especial “Batendo o Ponto”, estrelado por Ingrid Guimarães, que deve incorporá-lo à grade de programação do próximo ano, provavelmente às quintas-feiras, logo após “A Grande Família”. Já há oito roteiros prontos para serem gravados tão logo a emissora dê sinal verde. Apesar de não haver confirmação oficial ainda, a Globo teria encomendado 23 episódios para entrarem no ar a partir de abril de 2011. O episódio de fim de ano será transmitido no dia 28 deste mês.

A história gira em torno do cotidiano de pessoas do subúrbio que trabalham no escritório de uma fábrica de cola. Além de Ingrid, no elenco ainda estão nomes como Luís Miranda, Pedro Paulo Rangel e Daniele Valente. A direção ficará a cargo de José Lavigne e os roteiros estão sob responsabilidade de Paulo Cursino.

Autor: Tags: , , ,