Publicidade

Posts com a Tag joão emanuel carneiro

sábado, 20 de outubro de 2012 Novela | 03:09

'Avenida Brasil': Cinco perguntas que não querem calar sobre o último capítulo

Compartilhe: Twitter

Nina (Débora Falabella) esqueceu de adotar Picolé?

O último capítulo de “Avenida Brasil” garantiu audiência alta para a Globo e parou boa parte do país, mas nem todo mundo ficou totalmente satisfeito. A coluna, por exemplo, ganhou umas pulgas atrás da orelha. Vamos a elas:

1) Santiago sumiu?
A sequência da cena em que Carminha (Adriana Esteves) salva Tufão (Murilo Benício) e Nina (Débora Falabella) é um tanto esquisita. Tudo porque, depois de levar um tiro da filha, Santiago (Juca de Oliveira) simplesmente some. A polícia demora um monte a chegar – tempo para Carminha se declarar para Tufão – e o vilão e seu capanga desaparecem. Ora, com um tiro no pé ele poderia reclamar muito, se arrastar, etc. Além disso, não se revelou se ele foi condenado ou preso.

2) Jorginho esqueceu de adotar Picolé?
Há alguns capítulos, Nina propôs a Jorginho (Cauã Reymond) adotar Picolé (João Fernandes). Os dois ficaram de pensar no assunto e, pelo visto, mudaram de ideia, já que anos se passaram e ninguém soube o que aconteceu com o garoto.

3) Que fim levaram Valdo, Betânia e Begônia?
Os três personagens, que tiveram participação importante na vingança de Nina, simplesmente foram esquecidos. Begônia (Carol Abras) voltou para a Argentina e nunca mais viu a irmã. Valdo (João Henrique Gago) desapareceu depois de aprontar contra a colega. E Betânia (Bianca Comparato) foi solenemente ignorada. Uma pena.

4) Quando Jorginho teve uma infância feliz com os pais?
Há alguns meses, quando Jorginho começou a ter memórias de sua infância, ele lembrou que já viveu num lar feliz, com mãe e pai. Ocorre que Carminha e Max (Marcello Novaes) nunca foram oficialmente casados e nunca deram mostras de que tiveram um lar estável. Um detalhe que seguirá inexplicado.

5) Afinal, Adauto era ou não analfabeto?
Difícil entender o tão falado analfabetismo de Adauto (Juliano Cazarré). Afinal, como foi mostrado no último capítulo, seus colegas de internato descobriram seu vício em chupeta. Na idade em que tudo ocorreu ele já deveria aprendido a ler e escrever há um bom tempo!

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 19 de outubro de 2012 Crítica, Novela | 23:23

'Avenida Brasil': Final supera audiência de 'Fina Estampa' e consagra Adriana Esteves como destaque da trama

Compartilhe: Twitter

Carminha (Adriana Esteves), Nina (Débora Falabella) e TuFão (Murilo Benício)

Se nos últimos tempos a Globo enfrentou dificuldades com suas novelas da nove – que quando emplacavam em audiência não agradavam a crítica e vice-versa -, com “Avenida Brasil” a emissora voltou aos bons tempos. A trama escrita por João Emanuel Carneiro não só virou um fenômeno de repercussão, mas também agradou aos especialistas. Assim como ocorreu com “Fina Estampa”, o folhetim voltou sua história para a tão falada classe C, mas foi além ao imprimir um tom de direção mais arrojado e um enredo bem intrincado.

Nina (Débora Falabella) passou longe de ser uma mocinha tradicional e deixou o público confuso com obsessão pela vingança contra Carminha (Adriana Esteves), que, por sua vez, todos amavam odiar. Sucesso anunciado e com valores de intervalo inflacionados, o último capítulo da novela seguiu intenso em seu começo, mas deixou no ar uma pergunta: afinal, é crível que uma vilã tão má se redima de uma hora para a outra. É bem verdade que Carminha assumiu a culpa por ter matado Max (Marcello Novaes), mas ainda assim a personagem pareceu mudar de rumo. O fato o de assassinato estar em suas mãos parece ter sido uma maneira do autor, João Emanuel Carneiro premiar Adriana Esteves, grande destaque da novela desde o primeiro dia, mas não deixa de frustrar o espectador que esperava uma surpresa. O recurso da obviedade no “quem matou?” já foi usado em tramas como “Celebridade” e “Paraíso Tropical”, e, com isso, “Avenida Brasil” perdeu a chance de preservar seu mistério de maneira mais eficiente.

No todo, esta novela é bem acima da média, mas há que se dizer que sofreu de alguns – poucos – problemas. Por exemplo: os núcleos coadjuvantes não eram tão interessantes quanto o principal e, por vezes, entediavam, especialmente o núcleo Cadinho (Alexandre Borges), que acabou salvo pela ótima química entre Carolina Ferraz, Débora Bloch e Camila Morgado, além da luxuosa participação de Betty Faria. Da mesma maneira, houve um pouco de “barriga” entre uma virada e outra. Detalhes, no entanto, que não afetaram sua narrativa e não a impediram de entrar para a memória dos brasileiros. Finais como o de Adauto (Juliano Cazarré) apesar de toscos na ideia, garantiram boas risadas na execução, de tão surreais.

Se na estreia “Avenida Brasil” resgistrou modestos 37 pontos, agora chega ao fim consolidada acima dos 40. De acordo com a prévia do Ibope, o último capítulo marcou média de 51 pontos – com pico de 54 -, mais que “Fina Estampa”. O número é quase 13 vezes mais que o registrado pela Record no horário, que teve 3,6 pontos. O índice é o recorde da novela desde o começo.

Compare os números dos finais das últimas novelas das nove:

“Avenida Brasil” – 51 pontos com pico de 54

“Fina Estampa” – 47 pontos com pico de 50

“Insensato Coração” – 47 pontos com pico de 51

“Passione” – 52 pontos com pico de 54

“Viver a Vida” – 46 pontos com pico de 52

“Caminho das Índias” – 55 pontos com pico de 59

“A Favorita” – 50 pontos com pico de 53

Resta a Globo torcer para que “Salve Jorge”, que estreia segunda-feira (22), segure o interesse de todos da mesma maneira que “Avenida Brasil”. Porque, certamente, o público estará saudoso do povo do Divino.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 11 de outubro de 2012 Bastidores, Novela | 06:00

'Avenida Brasil': Crianças gravam no lixão cenas secretas que vão ao ar a partir de sábado e Lucinda revela segredo

Compartilhe: Twitter

Bruno Valente e Mariana Lima, que vivem Max e Carminha quando crianças

A Globo quer o mais absoluto sigilo sobre os últimas emoções de “Avenida Brasil”. Além de parar de divulgar os resumos dos capítulos da novela, a emissora agora exige que os atores usem pulseiras de identificação para terem acesso ao estúdio. Os artistas estão, inclusive, recebendo o texto em cima da hora.

Ainda assim, a coluna descobriu alguns segredos que vão ao ar a partir de sábado. Esta semana cinco crianças começaram a gravar as cenas secretas que explicam o passado nebuloso de Lucinda (Vera Holtz). Duas delas são Bruno Valente e Mariana Lima, que já apareceram na história como Max (Marcello Novaes) e Carminha (Adriana Esteves) ainda pequenos, e Duda Wendling, que interpreta a misteriosa Clarinha, que já surgiu em foto na trama. Outros dois garotos gravaram sequências. Nos bastidores comentou-se que eles poderiam ser Tufão (Murilo Benício) e Adauto (Juliano Cazarré), mas a informação não foi confirmada. Todos os responsáveis pelas crianças tiveram de assinar contrato de sigilo com a Globo.

Depois da morte de Max, que vai ao ar nesta quinta-feira (11), Lucinda assumirá o crime para livrar Nina (Débora Falabella) da cadeia. Na delegacia, será revelado um dos antecedentes criminais da mãe do lixão: ela já matou alguém, como Max e Nilo (José de Abreu) deram a entender várias vezes. Tanto esta revelação quanto as cenas das crianças devem começar a ser exibidas a partir de sábado (13). Esta informação, aliás, só reforça notícia já publicada aqui na coluna: Lucinda matou a mãe de Carminha, que, por sua vez, havia matado sua filha, Clarinha. É esperar para ver se o segredo não foi mudado por João Emanuel Carneiro.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 9 de outubro de 2012 Briga pela audiência, Novela | 18:39

Apesar da grande repercussão, 'Avenida Brasil' ainda tem audiência menor que 'Fina Estampa'

Compartilhe: Twitter

Letícia Isnard numa cena do capítulo de segunda-feira da novela das nove

Não há dúvidas de que “Avenida Brasil” é um sucesso de repercussão e audiência, mas, mesmo assim, seus números não superam os da antecessora, “Fina Estampa”. De acordo com dados do Ibope, a trama de João Emanuel Carneiro tem até agora média 38,3 pontos em seus 168 capítulos. Já a novela de Aguinaldo Silva havia acumulado 38,8 pontos no mesmo período.

“Avenida Brasil”, no entanto, já ultrapassou as três novelas anteriores a “Fina Estampa”: “Insensato Coração” (35,2 pontos), “Passione” (34,1 pontos) e “Viver a Vida” (35,1 pontos).

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

Crítica, Novela | 14:00

'Avenida Brasil': Nina passou toda a novela tentando se vingar, mas quem cumpriu a missão foram Max e Tufão

Compartilhe: Twitter

Nina chegou a virar empregada de Carminha para executar plano

Desde o início, o tema de “Avenida Brasil” era vingança. Já no primeiro capítulo, os espectadores queriam ver a pequena Rita (Mel Maia) dar o troco na megera Carminha (Adriana Esteves), que, além de maltratá-la, deu um golpe em seu pai. No final da primeira semana, com a garotinha abandonada no lixão, a revolta já era geral. Na segunda fase da história, Nina (Débora Falabella) tinha garantida a autorização do público para fazer a vilã comer o pão que o diabo amassou.

Foram 100 capítulos até que o plano da mocinha fosse descoberto e, três episódios depois, ela quase morresse enterrada viva. Pouco depois, a volta por cima: encurralada pelas fotos com o amante, Carminha teve de lavar latrina, cortar o cabelo e servir a empregada como se fosse patroa. Ali, tudo parecia ter se resolvido, mas, para a vingança estar completa, faltava que Tufão (Murilo Benício) descobrisse as maldades da esposa. O tempo passou, a vilã recuperou o domínio sobre a mocinha e Nina, ao contrário do que se imaginava, se apagou da história.

Saiba como será a morte de Max, em “Avenida Brasil”

A garotinha obstinada viu seu plano ser executado por Max (Marcello Novaes) e não assistiu de camarote a expulsão de Carminha da mansão. Esteve o tempo todo confinada no apartamento de Jorginho (Cauã Reymond). Embora alguns possam alegar que a história assim se desenrolou porque a atriz foi internada, já era dessa maneira que estava descrita no roteiro, há alguns dias. Há duas justificativas possíveis para tanto: 1) De tanto obcecar com a vingança, Nina assustou parte do público, que começou a achar a protagonista má em excesso, contradizendo o papel de mocinha tradicional; 2) Nina ficou fora desse momento para que, daqui a 10 dias, no último capítulo do folhetim, haja um confronto final com Carminha. As duas são plausíveis. Coube ao malandro e ao ex-jogador de futebol investigarem e trazerem à tona os podres de Carmem Lúcia.

Nesta quinta-feira (11), Max vai morrer e a história ganhará uma nova virada. Os capítulos pararam de ser distribuídos para a imprensa. Depois do episódio de sexta-feira (12), em que Lucinda (Vera Holtz) assume a morte do filho, tudo é nebuloso. Não foi por acaso que a trama bateu seu recorde de audiência esta semana. Que João Emanuel Carneiro faça com que “Avenida Brasil” tenha uma reta final eletrizante.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 8 de outubro de 2012 Briga pela audiência, Novela | 22:31

Com Carminha desmascarada, 'Avenida Brasil' bate seu recorde de audiência

Compartilhe: Twitter

Carminha (Adriana Esteves): fim da farsa

Momento esperado por todos os espectadores desde o começo da novela, o momento em que Tufão (Murilo Benício) finalmente descobre as maldades de Carminha (Adriana Esteves) rendeu recorde de audiência para “Avenida Brasil”. De acordo com a prévia do Ibope, a trama de João Emanuel Carneiro liderou com 48 pontos de média e pico de 52. No mesmo horário, SBT registrou 5 pontos, seguida pela Record, com 3,6 pontos. O número é quase dez vezes mais do que o registrado pela segunda colocada.

Até então, a maior audiência da novela havia sido 46 pontos.

Atualização: No consolidado, “Avenida Brasil” ficou com 49 pontos.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

Bastidores, Novela | 13:19

'Avenida Brasil': Morte de Max vai ao ar na quinta-feira (11)

Compartilhe: Twitter

Max (Marcello Novaes): última semana na novela

Depois de muito ser adiada, a morte de Max (Marcello Novaes) finalmente tem data confirmada em “Avenida Brasil”. O malandro se despede da trama de João Emanuel Carneiro nesta quinta-feira (11). Antes, o vilão colocará Carminha (Adriana Esteves) sob a mira de uma arma e tentará matar Nina (Débora Falabella), que deve se tornar a principal suspeita. No capítulo de sexta-feira (12), Lucinda (Vera Holtz) assumirá o crime para livrar a mocinha da cadeia.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 3 de setembro de 2012 Novela | 06:00

'Avenida Brasil': Tufão descobre por Carminha que Nina é Rita e rompe com a cozinheira

Compartilhe: Twitter

Tufão (Murilo Benício) chamará Nina (Débora Falabella) de psicopata

A farsa de Nina (Débora Falabella) chegará ao fim de uma vez em “Avenida Brasil”. Depois de ser presa por um crime que não cometeu e ver Carminha (Adriana Esteves) recuperar as fotos comprometedoras, a chef se complicará ainda mais. Tudo porque a vilã contará a Tufão toda a verdade sobre seu passado e o fará descobrir que ela namora com Jorginho (Cauã Reymond). “A Nina e a Rita são a mesma pessoa. A bandida seduziu você e o Jorginho ao mesmo tempo”, dirá a megera, para espanto do ex-jogador de futebol.

Leia também: Valdo ajudará Carminha a recuperar fotos

Com a revelação, Carminha fará Tufão pensar que tudo passou a dar errado com sua família desde que a cozinheira começou a trabalhar lá. E mais: sustentará que ela quer se vingar porque ele atropelou Genésio (Tony Ramos). A mentira irá ainda mais longe: “Lembra que eu fiquei sozinha com a Nina nessa casa? Ali, eu já tava desconfiada. Ela sacou e começou a me dopar… Fui ficando confusa, cada vez mais pirada, porque eu não podia acreditar que houvesse alguém tão demoníaca”.

Ainda zonzo, Tufão é convencido por Carminha a contar toda a verdade para sua família. Dessa maneira, Muricy (Eliane Giardini) e Yvana (Letícia Isnard) também ficarão sabendo de tudo. “Uma pessoa morreu hoje pra gente: a Nina! Nunca mais na vida quero ver essa mulher! Ela não é quem a gente achava que fosse. Ela é uma bandida que entrou aqui pra se vingar da nossa família”, dirá Tufão, que, irado, partirá direto para a casa de Jorginho para repercutir a história.

Leia mais sobre a volta por cima de Carminha

Lá chegando, o ex-jogador dará de cara com Nina e a confrontará: “Então é verdade… Você é a Rita, a filha do Genésio, a enteada da Carminha. Que horror! Você acabou com a minha vida, garota! Entrou na minha casa, deu um nó na minha vida, me envolveu, me seduziu. Tudo porque eu matei o seu pai, não foi? Eu não tive culpa, eu falei! Você é doente e Tem ódio de mim! Tu é uma psicopata, garota!”, gritará Tufão. Nina tentará se defender garantindo que não tem nada contra ele e começará a contar tudo o que aconteceu em seu passado. A garota, no entanto, preocupada em não magoar ainda mais o ex-chefe, não revelará que Carminha e Max têm um caso. Tufão deixará o apartamento confuso e incrédulo, e pedirá que a ex-mulher volte a morar com ele na mansão.

O capítulo com mais esse virada na trama de “Avenida Brasil” deve ir ao ar em duas semanas.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 14 de agosto de 2012 Bastidores, Novela | 07:00

Globo escala novela do autor de 'Avenida Brasil' para o 'Vale a Pena Ver De Novo'

Compartilhe: Twitter

Reynaldo Gianecchini e Taís Araújo, os protagonistas de "Da Cor do Pecado"

João Emanuel Carneiro está mesmo em alta na Globo. A emissora acaba de decidir que será do autor de “Avenida Brasil” a próxima novela a ganhar reprise no “Vale a Pena Ver de Novo”. Caberá a “Da Cor do Pecado” substituir “Chocolate com Pimenta” a partir de setembro.

A produção surge como opção a “Páginas da Vida”, que não foi liberada pelo Ministério da Justiça por questões de classificação indicativa. Houve até mesmo a tentativa de exibi-la de maneira mais curta e totalmente editada, e ainda assim a trama foi proibida.

Exibida originalmente em 2004, “Da Cor do Pecado” já foi reprisada uma vez pela emissora, em 2007. Estrelado por Taís Araújo e Reynaldo Gianecchini, o folhetim contava a história de amor entre uma moça humilde do Maranhão e o herdeiro de um milionário, vivido por Lima Duarte. A grande vilã era interpretada por Giovanna Antonelli. O elenco contava ainda com nomes como Maitê Proença Guilherme Weber, Ney Latorraca, Matheus Nachtergaele, Alinne Moraes, Cauã Reymond, Leonardo Brício e Pedro Neschling.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 7 de agosto de 2012 Briga pela audiência, Novela | 07:00

'Avenida Brasil' ainda não supera 'Fina Estampa' em audiência

Compartilhe: Twitter

Carminha (Adriana Esteves): vilã de novela com boa audiência

Apesar de toda a repercussão que “Avenida Brasil” com as constantes viradas na trama nos últimos dias, a trama ainda não superou sua antecessora, “Fina Estampa”, no quesito audiência. De acordo com dados do Ibope, a média da novela até o capítulo 114, exibido no último sábado (4), o folhetim escrito por João Emanuel Carneiro acumulou média de 37,9 pontos. Já a produção criada por Aguinaldo Silva havia consolidado 38,6 pontos no mesmo período. Percebe-se, no entanto, que a diferença vem diminuindo.

O número, no entanto, é maior do que “Insensato Coração”, “Passione”, “Caminho das Índias” e “Viver a Vida” marcaram na mesma faixa de tempo.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última