Publicidade

Posts com a Tag lazaro ramos

sexta-feira, 1 de março de 2013 Novela | 12:26

'Lado a lado': Saiba o que vai acontecer nos últimos capítulos e os finais dos principais personagens

Compartilhe: Twitter

Isabel (Camila Pitanga) e Zé Maria (Lázaro Ramos) reatarão

“Lado a Lado” tem apenas mais uma semana pela frente. Mas, para o que o espectador não sofra com a curiosidade, a coluna lista aqui os principais acontecimentos dos últimos capítulos da novela e os desfechos de seus principais personagens.

Zé Maria pede Isabel em casamento – Mesmo namorando Fátima (Juliana Knust), Zé Maria (Lázaro Ramos) não consegue esquecer Isabel (Camila Pitanga). O rapaz perceberá que ela ainda gosta dele e que age com frieza apenas para poupá-lo de encontros com Albertinho (Rafael Cardoso). “Não sei qual dos dois é pior. Você que mente mal toda vida, e eu acredito em qualquer besteira que você diz. Fica quieta, eu te entendo melhor quando te olho que quando te escuto”, brinca Zé Maria, que rouba um beijo da amada e a pede em casamento.

Edgar tira Laura do hospício e os revogam o divórcio – Internada num hospício por Constância (Patrícia Pillar), quer evitar que a filha escreva sobre seu envolvimento num esquema de corrupção, Laura (Marjorie Estiano) tentará fugir diversas vezes, sem sucesso. Tudo mudará quando a vilã perceber que estão tratando a mocinha como louca. Desesperada, Constância recorre a Edgar (Thiago Fragoso), que conseguirá tirar a mulher do manicômio. Algum tempo depois, o casal irá a um cartório e pedirá a revogação do divórcio.

Albertinho se redime – O playboy finalmente sairá da barra da mãe depois de flagrá-la com Umberto (Klebber Toledo). Revoltado, Albertinho sai de casa, rompe o noivado com Esther (Rhaisa Batista) e ganha o apoio do pai. Além disso, vai direto até Isabel e pede para participar da criação de Elias (Cauê Campos), alegando que mudou. “Eu fiz muita bobagem, mas quero tentar ser um bom pai pra ele… Não é tão tarde assim, é?”

Constância (Patrícia Pillar) terminará isolada do mundo

Desmascarada, Constância termina sozinha e isolada –Deixada de lado pelos dois filhos e pelo Neto – Elias descobrirá que a avó é preconceituosa -, Constância será abandonada também pelo marido. Depois de descobrir toda a sua maldade, Assunção (Werner Schunemann) manda a mulher sair de sua vida. Para evitar um escândalo, ela resolve viajar e passa a viver isolada numa fazenda da família, sem nunca receber visitas.

Caniço e Catarina são presos – Os outros vilões não passarão em branco. Caniço (Marcello Mello Jr.) será preso por roubar joias. Já Catarina (Alessandra Negrini) também irá parar atrás das grades, depois que se descobrir seu envolvimento com o incêndio na escola.

Sandra (Priscila Sol) admitirá que tem um filho para o marido

Sandra assumirá o filho, mas poderá criá-lo – Depois de tentar a todo custo esconder o segredo, Sandra (Priscila Sol) finalmente contará a Teodoro (Daniel Dalcin) que tem um filho. Assustado, o rapaz perdoará a moça, mas não aceitará criar a criança: “A gente vai se mudar daqui, ter a nossa casa, os nossos filhos. O Ângelo vai ser sempre bem recebido lá, mas os nossos filhos vão chamar ele de tio. Ele já tá registrado como filho do seu Praxedes e da dona Teresa. É melhor pra ele, pra você, pra todo mundo dessa família, que ele continue sendo, pra sempre, seu irmão”. Praxedes (Guilherme Piva) continuará sem saber do neto. Já Eulália (Débora Duarte) terá descoberto tudo antes.

Diva casa-se com Mário – O casal de artistas finalmente assumirá sua paixão. Mesmo triste por não ser pai de Luciano (André Arteche), que, na verdade, é filho de Frederico (Tuca Andrada), Mario se casará com Diva (Maria Padilha).

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , ,

Crítica | 00:03

‘Criança Esperança’ se aproxima do formato do Teleton, do SBT, e peca ao transformar Renato Aragão em coadjuvante

" addthis:url="http://natv.ig.com.br/index.php/2013/03/01/crianca-esperanca-se-aproxima-do-formato-do-teleton-do-sbt-e-peca-ao-transformar-renato-aragao-em-coadjuvante/"> Compartilhe: &related=ultimosegundo&via=ig" class="botaotwitter" target="_blank">Twitter
Fernanda Lima, Patrícia Poeta, Lázaro Ramos e Renato Aragão

Fernanda Lima, Patrícia Poeta, Lázaro Ramos e Renato Aragão no palco do evento

Já tradicional no calendário da Globo, o “Criança Esperança” chegou à vigésima oitava edição se distanciando cada vez mais do que mostrava nos anos 90 e começo dos 2000. Assim como ocorre no Teleton, do SBT, o evento passou a ganhar ares de maratona.  Durante todo o dia, programas da emissora foram apresentados ao vivo e famosos se revezaram no chamado “mesão”, atendendo a ligações dos espectadores. No canal de Silvio Santos, no entanto, toda a programação passa a ser ancorada do mesmo palco. Ainda assim, as semelhanças entre ambas as produções são grandes. Além dos telefonemas atendidos por personalidades, na Globo há maior espaço para VTs explicando para onde vai o dinheiro arrecadado. Depois de um período em baixa, o evento percebeu que precisava mostrar de perto suas benfeitorias.

Apesar das proximidades, há diferenças na “embalagem”: enquanto no SBT a maratona é uma espécie de longo programa de auditório, na Globo ela ganha ares de show. Ainda assim, a premissa é a mesma: celebridades pedindo a colaboração do público de casa, com apelos emocionados.

A causa é nobre, não há dúvidas, mas uma questão não passou despercebida durante a exibição do “Criança Esperança”. Embaixador da Unicef e maior entusiasta do programa, Renato Aragão foi relegado à condição de coadjuvante. Todo o comando do espetáculo coube a Fernanda Lima, Patrícia Poeta e Lázaro Ramos, que represetaram cada setor da emissora – atrações de variedades, jornalismo e dramaturgia, respectivamente.

Quando surgiu na tela, o eterno Didi não disfarçou a emoção e o saudosimo dos holofotes. Jogou para o público, mais que para os companheiros, que, aliás, tentaram sutilmente interrompê-lo enquanto contava uma história triste. Uma pena. Ao esnobar um dos artistas que deram cara ao evento, a Globo, sem querer, deixou de lado o principal objetivo da noite. É triste para o espectador assistir à aposentadoria forçada de um ícone.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 13 de novembro de 2012 Crítica, Novela | 06:00

Ao retratar um episódio histórico como a Revolta da Chibata, 'Lado a Lado' presta serviço aos espectadores

Compartilhe: Twitter

Lázaro Ramos como Zé Maria: um dos líderes da Revolta da Chibata

“Lado a Lado” pode não ter decolado em audiência, mas presta um serviço importante a seus espectadores. Ao aliar ficção com fato reais, a novela conta de maneira didática episódios importantes da história brasileira como a Revolta da Chibata, que começou a ser mostrada esta semana. Um dos protagonistas, Zé Maria (Lázaro Ramos), integra o grupo de marinheiros que, cansados dos maus tratos e liderados por João Cândido, se rebelam contra o governo. Toda a narrativa é feita de maneira simples, às vezes até redundante, com outros personagens repercutindo exaustivamente as razões do motim, mas faz-se muito pertinente. É importante resgatar a memória do espectador, sem tornar tudo tão cerebral.

Mostrada pelos olhos dos personagens, que narram as negociações com o governo sem se apegar a muito preciosismo, a revolta torna-se uma virada importante da trama. É por meio dela que Zé Maria volta ao Rio de Janeiro e decide rever Isabel (Camila Pitanga). Dessa maneira, não pode-se afirmar que se trata de uma aula gratuita de história. Ela não está na trama por acaso. Outros episódios, aliás, já foram mostrados na trama de Claudia Lage e João Ximenes Braga, como o nascimento do Morro da Providência e a Revolta da Vacina.

Usar de fatos históricos em novelas não é um recurso novo, é bem verdade. Benedito Ruy Barbosa usou muito do expediente em produções como “Os Imigrantes” e “Terra Nostra”. Nos últimos tempos, no entanto, o artifício vinha sendo muito pouco usado. Ao retoma-lo, “Lado a Lado” presta um importante serviço a seus espectadores.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 21 de setembro de 2012 Bastidores, Briga pela audiência, Novela | 15:52

Globo já planeja mudanças em 'Lado a Lado' por causa da baixa audiência

Compartilhe: Twitter

Camila Pitanga e Lázaro Ramos numa cena de "Lado a Lado"

Nos corredores da Globo já se fala em antecipar a realização dos primeiros grupos de discussão de “Lado a Lado”. Normalmente marcadas após os primeiros 40 dias de novela, as conversas com espectadores ajudam a detectar eventuais problemas na trama. Exatamente por isso devem acontecer antes, já que, desde a estreia, a novela derrubou a audiência da faixa. Esta semana, por exemplo, todos os dias ficaram abaixo dos 20 pontos. A maioria deles oscilando entre os 16 e os 17 pontos, marca considerada baixíssima para um folhetim das seis. Sua antecessora, “Amor Eterno Amor”, costumava ficar em torno dos 23 pontos.

Internamente, a novela é considerada um primor de fotografia e enredo, mas considerada pouco popular. Os autores devem receber orientações nos próximos dias para que a história seja contada de maneira mais acelerada, ganhando mais ritmo. Da mesma maneira, os tons marrons e sépia serão aliviados. A ideia é que as cenas fiquem mais claras. Intensificar as cenas de romance e os conflitos também está na pauta. A possibilidade de antecipar a entrada de Catarina (Alessandra Negrini) também vem sendo estudada.

A Globo avalia que o estrago feito pelo horário político obrigatório, que fez com que a exibição da trama ocorresse mais cedo, foi maior do que devia.

Nos próximos capítulos, haverá algumas viradas na história. Isabel (Camila Pitanga) descobrirá que está grávida de Albertinho (Rafael Cardoso) e seu relacionamento com Zé Maria (Lázaro Ramos) ficará abalado.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 10 de setembro de 2012 Briga pela audiência, Crítica | 19:03

Apesar de boa, 'Lado a Lado' tem a pior audiência de estreia de uma novela das seis dos últimos cinco anos

Compartilhe: Twitter

Camila Pitanga: um dos destaques da estreia de "Lado a Lado"

Nova trama das seis, “Lado a Lado” já empolga na abertura, embalada ao som de “Liberdade, Liberdade, abra as asas sobre nós”, icônico samba-enredo da Imperatriz Leopoldinense cantado em 1989. Além de ousada, a ideia é absolutamente apropriada ao tema da novela, focado na libertação feminina e negra. Recém-abolidos da escravatura, os personagens de Camila Pitanga e Lázaro Ramos tentam achar seu lugar na sociedade e enfrentam o preconceito sem medo. Já numa sequência corajosa do final do capítulo, sentam-se num restaurante e se beijam na frente de todos. É um ótimo começo para uma história de amor.

Outra núcleo que promete boas tramas é o encabeçado por Marjorie Estiano e Patrícia Pillar. Carismáticas e afiadas, as atrizes deram um banho. E montaram ótimas dobradinhas com Isabela Garcia, que desde já pode ser apontada como um dos destaques da história. Tecnicamente, a novela também empolgou. A ideia de usar imagens antigas do Rio de Janeiro como stock shots é muito feliz e confere charme à condução do folhetim. Pena que, por causa da exibição de um jogo de futebol programada para as 22h, a exibição do primeiro capítulo foi mais curta. Mas, depois de uma trama que demorou a embalar como a de “Amor Eterno Amor”, a chegada de “Lado a Lado” é mais que bem vinda.

No quesito audiência, a novela deixou a desejar. Marcou apenas 18 pontos, a menor média já alcançada por uma estreia de novela das seis da Globo desde 2007. Não há registro de estreia de uma trama do mesmo horário com índices menores na história da emissora. Compare com as antecessoras dos últimos anos:

“Lado a Lado” – 18
“Amor Eterno Amor” – 23
“A Vida da Gente”- 23
“Cordel Encantado” – 24
“Araguaia” – 26
“Escrito nas Estrelas” – 26
“Cama de Gato” – 25
“Paraíso” – 25
“Negócio da China” – 30
“Ciranda de Pedra” – 25
“Desejo Proibido” – 26
“Eterna Magia” – 30

No mesmo horário, a Record ficou com 7,6 de média exibindo “Cidade Alerta”. Já a Band e o SBT registraram 4,2 e 4, respectivamente.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 26 de junho de 2012 Bastidores, Novela | 07:00

Globo muda título e próxima novela das seis deve se chamar 'Novo Tempo'. Conheça a história!

Compartilhe: Twitter

Em cena: Isabel com o playboy Albertinho

A três meses da estreia, a Globo resolveu mudar o título da próxima novela das seis. Antes chamada “Lado a Lado”, a trama escrita por João Ximenes e Claudia Lage deve ser batizada como “Novo Tempo”. As primeiras gravações da história, que se passará entre 1904 e 1920, já estão ocorrendo nos casarões de Petrópolis e de São Luís, no Maranhão. As duas cidades simularão o Rio de Janeiro no começo do século passado.

O elenco será encabeçado por Camila Pitanga, Lázaro Ramos, Thiago Fragoso e Marjorie Estiano. Os vilões serão vividos por Patrícia Pillar, Klebber Toledo, Rafael Cardoso, Maria Clara Gueiros e André Arteche.

Toda a história vai girar em torno de Isabel (Camila Pitanga), uma ex-escrava emancipada que mora num cortiço, e Laura (Marjorie Estiano), herdeira da aristocracia carioca que sofre com a decadência da indústria do café. As duas mocinhas só se conhecerão no terceiro capítulo, depois de casarem. Ambas são consideradas mulheres de vanguarda. Enquanto Isabel luta contra o racismo e tenta achar lugar na sociedade, Laura sofrerá nas mão da mãe, Constança (Patrícia Pillar), ex-baronesa que achará um absurdo que ela queira trabalhar e fará de tudo para acabar com a amizade da filha com uma negra. A vilã fará de tudo para que Laura seja uma dondoca no casamento com Edgar (Thiago Fragoso).

Leia notícias sobre o mundo dos famosos no iG Gente

Marido de Isabel, Zé Maria (Lázaro Ramos) verá o cortiço em que mora ser demolido para dar lugar a uma grande avenida. Ele liderará todos os moradores, então, para o Morro da Providência, onde surgirá uma das primeiras favelas do Rio de Janeiro. Para compor o personagem, Lázaro terá de aprender passos de capoeira. Depois da mudança, haverá uma passagem de tempo de seis anos na novela. Nessa época, será retratada a gênese da paixão do brasileiro pelo futebol.

O folhetim conta ainda com um time de peso de atores. Estão escalados Alessandra Negrini, Bia Seidl, Werner Schunemann, Cássio Gabus Mendes, Isabela Garcia, Paulo Betti, Maria Padilha, Sheron Menezzes, Emílio de Mello, Daniel Dalcin, Maria Eduarda, Susana Ribeiro, Christiana Guinle, Guilherme Piva, Álamo Facó e Claudio Tovar. A estreia está prevista para setembro.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quarta-feira, 25 de abril de 2012 Bastidores, Novela | 10:39

'Lado a Lado', próxima novela das seis, abordará o surgimento das favelas no Rio; veja elenco

Compartilhe: Twitter

Lázaro Ramos: um dos protagonistas de "Lado a Lado"

Estão marcadas para o começo de junho as primeiras gravações de “Lado a Lado”, novela que substituirá “Amor Eterno Amor” no horário das seis da Globo. Os trabalhos ocorrerão em São Luís, no Maranhão, por causa da arquitetura da cidade, que remonta ao Rio de Janeiro entre 1910 e 1920. Parte da trama mostrará como se deu o surgimento das primeiras favelas na cidade e terá como cenários a Rua do Ouvidor e a antiga Avenida Central.

Conforme a coluna havia adiantado em março deste ano, os postos de protagonistas ficarão a cargo de Thiago Fragoso, Marjorie Estiano, Camila Pitanga e Lázaro Ramos. Já os vilões devem ser vividos por Maria Clara Gueiros e Rafael Cardoso. O elenco está praticamente fechado e conta com nomes como Patrícia Pillar, Alessandra Negrini, Cássio Gabus Mendes, Isabela Garcia, Sheron Menezzes, Daniel Dalcin, Maria Eduarda, Susana Ribeiro, Christiana Guinle, Guilherme Piva, Álamo Facó, Klebber Toledo. Parte da trama será ambientada numa trupe de teatro, que será encabeçada pelos personagens de Paulo Betti, Maria Padilha e André Arteche.

A direção ficará a cargo de Dennis Carvalho. O texto terá supervisão de Gilberto Braga, que contou com João Ximenes como colaborador em “Insensato Coração” (que curiosamente iria se chamar “Lado a Lado”). A fotografia do folhetim ganhará consultoria do premiado cineasta Walter Carvalho.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 15 de março de 2012 Bastidores, Novela | 15:44

Globo escala os primeiros nomes para 'Lado a Lado', a próxima novela das seis

Compartilhe: Twitter

Camila Pitanga: par com Lázaro Ramos de novo

Mal estreou “Amor Eterno Amor” e a Globo já está a todo vapor com a produção de “Lado a Lado”, próxima novela das seis escrita por João Ximenes e Claudia Lage. A escalação do elenco também já começou. Já estão garantidos na trama Camila Pitanga, Lázaro Ramos – que voltarão a viver um casal na ficção -, Alessandra Negrini, Patrícia Pillar, Marjorie Estiano, Thiago Fragoso – já recuperado do acidente em “Xanadu” -, Maria Clara Gueiros, Maria Padilha, Paulo Betti, André Arteche e Klebber Toledo.

As gravações primeiras gravações ocorrerão em maio, sob a direção de Dennis Carvalho. Uma curiosidade: “Lado a Lado” era o título provisório de “Insensato Coração”, novela em que João Ximenes tinha o papel de colaborador do roteiro. Não é de se surpreender, portanto, que tanto o diretor quanto alguns nomes do elenco surjam na trama.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011 Bastidores | 16:12

Lázaro Ramos garante mais uma temporada do 'Espelho'

Compartilhe: Twitter

Lázaro Ramos: episódios prontos para 2012

Prestes a assumir compromissos no cinema, como o longa “O Vendedor de Passados”, Lázaro Ramos não quer ficar de fora da TV. Para isso, o ator já garantiu mais uma temporada de seu programa no Canal Brasil, “Espelho”, e gravou uma temporada inteira, que deve ir ao ar a partir do próximo ano. “Já garanto que é a melhor de todas”, brinca o ator.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , ,

sábado, 13 de agosto de 2011 Sobe e desce | 14:36

O legal e o mico da semana – De 6 a 12 de agosto

Compartilhe: Twitter

Com a última semana de “Insensato Coração” chegando, a coluna resolveu destacar pontos fortes e baixos da novela.

O LEGAL – Ana Lúcia Torre, a Tia Neném

Se há uma personagem que rouba a cena toda vez que aparece em “Insensato Coração” esta é Dona Neném. Ana Lúcia Torre consegue imprimir o misto exato de malandragem e comédia num papel que poderia despertar a raiva de muita gente. Sem dúvida, um dos grandes destaques da novela.

O MICO – Lázaro Ramos, como o sedutor André

Ator experiente e com grande sucessos no currículo, Lázaro Ramos não conseguiu conquistar a simpatia do público como André. O sedutor de carteirinha acabou soando prepotente e arrogante, quando poderia ter se transformado num dos destaques da trama se houvesse um tiquinho mais de bom humor e malandragem. Até que cenas como as que trocava farpas com Antonio Fagundes enquanto provava um terno tinham sua graça, mas só reforçavam a antipatia do personagem. Lázaro é um grande artista, mas infelizmente seu papel era chato pra danar.

Lembre os micos das semanas anteriores

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última