Publicidade

Posts com a Tag malvino salvador

segunda-feira, 12 de agosto de 2013 Bastidores, Novela | 14:06

‘Amor à Vida’: Atores voltam ao Peru para gravar sequestro de Paulinha e reconciliação de Bruno e Paloma

Compartilhe: Twitter
Paolla Oliveira, Klara Castanho e Malvino Salvador numa cena de "Amor à Vida"

Paolla Oliveira, Klara Castanho e Malvino Salvador numa cena de “Amor à Vida”

Na última sexta-feira (9) alguns atores de “Amor à Vida” embarcaram para gravar cenas da novela no exterior. O autor Walcyr Carrasco voltou a ambientar sequências no Peru, onde a trama teve início. Embarcaram para o país Paola Oliveira, Malvino Salvador, Juliano Cazarré, Maria Maya e Klara Castanho. Juntos, eles gravarão o desfecho do sequestro de Paulinha.

A coluna explica: a garota será levada por Ninho e Alejandra, numa tentativa de convencer Paloma a voltar a ficar junto com o ex-namorado. Os momentos, no entanto, serão tensos. Paulinha verá Alejandra matar um homem e será ameaçada de morte. Até então, a pré-adolescente estará sob os cuidados da enfermeira Cissa (Neusa Maria Faro), que, ao bater de frente com a traficante, será empurrada de um penhasco e ficará entre a vida e a morte.

Depois de convencer Valentin (Marcelo Schmidt) a revelar o paredeiro dos colegas, Paloma e Bruno partem para o Peru, onde são alvo de uma cilada de Alejandra e Ninho. Tudo acabará com Paloma amarrada a uma árvore ao se recusar a voltar à vida de andarilha com o ex. No fim, todos brigarão e os vilões levarão uma surra. Pouco depois, o casal se reconciliará.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 29 de maio de 2013 Novela | 20:30

'Amor à Vida': Paloma descobre que é mãe de Paulinha e entra na Justiça contra Bruno pela guarda da filha

Compartilhe: Twitter

Paulinha (Klara Castanho) e Paloma (Paolla Oliveira): briga na Justiça

Em ritmo acelerado desde o começo, dentro de duas semanas “Amor à Vida” resolverá uma de suas principais histórias. Ou melhor: a partir daí, a novela dará início a uma nova virada. Explica-se: depois de decidir casar com Bruno (Malvino Salvador) e mais uma vez enfrentar a família, Paloma (Paolla Oliveira) descobrirá que sua filha perdida está viva e mais perto do que imagina.

Tudo começará quando se descobrir que Paulinha (Klara Castanho) sofre de lúpus e, por isso, precisa de um transplante de fígado. Ao perceber que Bruno tem um tipo sanguíneo diferente da garota, a médica descobre que ele não é pai biológico dela. Num impulso, Paloma resolve ela mesma doar parte de seu orgão. Em exames anteriores ao procedimento cirúrgico, a pediatra descobre que sua compatibilidade com a garota é tamanha que ela só pode ser sua mãe. Ao comprovar a maternidade, Paloma guarda segredo até o fim da cirurgia.

Passado todo o drama médico, uma nova fase se estabelecerá na novela. A mocinha desistirá do casamento com Bruno e resolverá brigar na Justiça pela guarda da filha. O relacionamento, claro, será abalado, assim como sua relação com a pré-adolescente, que, claro, passará a ser alvo de Félix (Mateus Solano).

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 20 de maio de 2013 Briga pela audiência, Crítica, Novela | 23:06

'Amor À Vida' estreia com mesma audiência que 'Salve Jorge', vilão carismático e edição vertiginosa

Compartilhe: Twitter

Paola Oliveira na cena do parto de Paloma, em "Amor À Vida"

Passada toda a repercussão negativa causada por “Salve Jorge”, a Globo parece ter encontrado uma novela das oito capaz de fazer o público esquecer um pouco Carminha e companhia, de “Avenida Brasil”, que viraram base de comparação durante toda a trama de Gloria Perez. A julgar pelo capítulo de estreia, “Amor À Vida”, de Walcyr Carrasco, tem grandes chances de prender o público ao pisar fundo no drama, mas sem esquecer que, em dias atuais, em que tudo ocorre em questão de segundos, ninguém tem paciência para ser enrolado por dias até que histórias se resolvam.

Com edição ultra rápida, o novo folhetim mostrou narrativa quase vertiginosa. Num único capítulo, a mocinha Paloma (Paolla Oliveira) se apaixonou, foi para a cama com um rapaz, fugiu, engravidou, viu o namorado ser preso, libertado, rompeu a relação, pariu e teve a filha roubada pelo irmão malvado. Félix, inclusive, já pode ser apontado como grande destaque da trama. Interpretado com afetações sutis por Mateus Solano, o vilão já deu que será dessas figuras que os espectadores adoram odiar, assim como foi com Carminha. Aliás, ainda que com histórias distintas, é impossível não traçar um paralelo entre “Amor À Vida” e “Avenida Brasil” no que diz respeito à sua grande reviravolta. Numa, Max (Marcello Novaes) abandona a pequena Nina (Mel Maia) num lixão. Na outra, Félix deixa a bebê da irmã numa caçamba de detritos. O paralelo, no entanto, deve parar por aí, já que, ao invés de catar despojos, Paula (Klara Castanho) será adotada por um bom rapaz, Bruno (Malvino Salvador).

Normalmente criticado pelo excesso de didatismo nos textos de seus folhetins anteriores, Walcyr Carrasco parece ter se contido nesse sentido e criou personagens carismáticos. Susana Vieira é uma delas e deve matar as saudades de quem amou vê-la na pele de vilãs como Branca Letícia de Barros Motta, de “Por Amor”. Nos quesitos técnicos, a novela também foi muito bem. Wolf Maya e Mauro Mendonça Filho, além de captarem belas imagens do Peru, exibiram fotografia interessante – apesar do exagero no chroma key em alguns momentos – e muito capricho na composição das externas em São Paulo. Há que se apontar um fator negativo: a música de abertura não é das mais bonitas.

É cedo para afirmar que “Amor À Vida” vai levantar os índices que “Salve Jorge” derrubou e não repetirá erros já vistos. Mas há muito potencial para que se saia bem. Resta saber como a novela ficará ao chegar nos dias atuais, quando personagens esperados como Valdirene (Tatá Werneck) e Nicole (Marina Ruy Barbosa) entrarão no folhetim. No quesito audiência, a trama marcou 35 pontos, de acordo com dados prévios do Ibope, mesma marca de sua antecessora. O pico foi de 37 pontos.

Confira as audiências dos primeiros capítulos das últimas novelas das nove:

“Amor À Vida” – 35 pontos

“Salve Jorge” – 35 pontos

“Avenida Brasil” – 37 pontos

“Fina Estampa” – 41 pontos

“Insensato Coração” – 37 pontos

“Passione” – 37 pontos

“Viver a Vida” – 42 pontos

“Caminho das Índias” – 39 pontos

“A Favorita” – 35 pontos

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 8 de maio de 2013 Novela | 08:52

“Amor à Vida”: vingança de Aline vira piada

Compartilhe: Twitter

aline148

Se existe uma coisa chata para quem gosta de acompanhar novela é assistir a cenas esdrúxulas e sem sentido. É claro que, até por se tratar de uma obra de ficção, a maioria da história passa longe de ser fiel à realidade, mas tudo tem limite. “Amor à Vida” tem exageros que provocam, no mínimo, um desconforto.

A vingança de Aline, por exemplo, está virando piada. Não bastasse ela ter tido um filho com o cara que mais odeia no mundo e manipulá-lo de um jeito que só ele não percebe, agora inventou de dar em cima do genro dele. E a cena em que ela inicia a aproximação não poderia ter sido mais falsa e inverossímil.aline

Paloma e Bruno haviam acabado de chegar ao apartamento de César e Aline e foram convidados a tomar um café da manhã. Aline então contou sobre a casa de campo que procura para comprar com a intenção de usar os serviços de Bruno, que é corretor. Ele se colocou à disposição para ajudar e, até aí, tudo ótimo! Mas então o caldo começa a entornar. Aline imediatamente tira Bruno da mesa – sem a intervenção de ninguém – e o leva até o computador do escritório para buscar imóveis.

Em questão de segundos, os dois encontram uma casa, ligam, marcam uma visita e saem. Como assim??? E Paloma e César agem como se nada estivesse acontecendo. Quem abandona a mulher e o marido no meio de um café para visitar uma casa acompanhado de alguém que mal conhece? O início de mais um capítulo da vingança de Aline poderia ter sido menos forçado.

O que você achou da cena? Deixe seu comentário.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 22 de abril de 2013 Novela | 11:51

Mais merchandising do que capítulo em “Amor à Vida”

Compartilhe: Twitter

livro1Em qualquer ramo de trabalho, não existe problema algum em querer faturar um dinheirinho a mais do que aquele garantido no final do mês. Mas em “Amor à Vida” as ações de merchandising estão passando dos limites. E não bastassem os produtos de beleza, cafés, pães de queijo e carros, agora as cenas também têm propaganda das produções da Globo.

Há alguns dias, Ordália e Gina sentaram na sala para ver “Joia Rara” e no capítulo desta segunda-feira (21) foi a vez de Paulinha dizer a Bruno e Paloma que não podia perder “Malhação”. No mesmo ambiente, segundos antes, Malvino Salvador havia feito com Paolla Oliveira o comercial de um site de imóveis.livro2

Ainda no episódio desta segunda, tivemos a indicação de dois livros, um feito numa cena entre Márcio Garcia e Maria Casadevall e o outro citado no diálogo entre Mateus Solano e Mouhamed Harfouch. A indicação de uma boa leitura é sempre bem-vinda, mas do jeito que está na trama, sem pé nem cabeça, fica muito forçado.

Você é a favor deste tipo de intervenção no meio da história? Opine

Leia também: Amarilys sofre acidente de carro

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 23 de outubro de 2012 Bastidores, Novela | 06:00

Próxima novela das nove discutirá erros médicos e adoção por homossexuais

Compartilhe: Twitter

Walcyr Carrasco ambientará sua trama num hospital

A coluna já havia adiantado que a próxima novela das nove seria ambientada num hospital. Agora, mais um pouco sobre a trama escrita por Walcyr Carrasco se revela. Uma das tramas paralelas discutirá erros médicos, tão comuns nos dias de hoje. Um dos casos abordados envolverá um médico que vai tirar o órgão errado de uma paciente por despreparo de uma colega enfermeira.

O elenco ainda está longe de ser fechado e testes estão em curso, mas já podem ser confirmados os nomes de Antonio Fagundes, Paola Oliveira, Malvino Salvador, Leona Cavalli, Fabiana Karla, Rosamaria Murtinho, Nathalia Thimberg, Cássia Kiss, Fulvio Stefanini, Elizabeth Savalla, Anderson Di Rizzi, Paulo Vilhena, Ingrid Guimarães, Rodrigo Andrade, Giovana Lancelotti e Bárbara Paz. Outras que devem ser confirmadas nos próximos dias são Susana Vieira e Nívea Stelmann.

A Fagundes caberá o papel de dono do hospital, que será disputado por dois irmãos – um deles papel de Paolla Oliveira, a vilã da história. Haverá ainda uma disputa por uma criança, abandonada pela mãe e criada por um rapaz solteiro e assumidamente homossexual.

A previsão é que a trama estreie entre maio e junho do próximo ano.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 17 de janeiro de 2012 Novela | 06:00

Fiorella Mattheis entrará em 'Fina Estampa'

Compartilhe: Twitter

Fiorella Mattheis tentará seduzir Malvino Salvador

Depois de um tempo apresentando o “Video Show”, Fiorella Matheis voltará às novelas. Ela entrará nos próximos capítulos de “Fina Estampa” como uma mulher misteriosa que tentará seduzir Quinzé (Malvino Salvador). A personagem, na verdade, terá sido contratada por Ferdinand (Carlos Machado), que a usará para tentar se livrar do filho de Griselda (Lilia Cabral) a mando de Teresa Cristina (Christiane Torloni). A atriz gravou na última segunda-feira (16) sua primeiras cenas.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 22 de setembro de 2011 Novela | 07:58

O segredo da audiência de 'Fina Estampa': até agora foram oito banhos sensuais em cerca de três semanas

Compartilhe: Twitter

Dudu Azevedo foi o último a aparecer nu, no capítulo desta quarta-feira (21)

“Fina Estampa” tem conseguido a maior média de audiência das últimas novelas das nove da Globo e muita gente tem se perguntado o porquê. Na ponta da língua dos mais afoitos a resposta certamente será a grande quantidade de banhos que os personagens tomam na trama. Volta e meia algum dos atores do folhetim surge seminu na tela da TV. A coluna resolveu contar quantas vezes o recurso foi usado. Com 27 capítulos já exibidos, foram mostrados exatos oito banhos. E não são os mesmos atores que protagonizam as sequências, não. Já passaram pela tela com pouca – ou nenhuma – roupa Lilia Cabral, Marco Pigossi, Rafael Zulu, Paulo Rocha, Malvino Salvador, Dudu Azevedo e Cris Vianna – esta por duas vezes resolveu se refrescar com a mangueira na laje de casa (o porquê ninguém sabe). Isso para não contar os momentos de casal, em que atores como Caio Castro, Adriana Birolli, Sophie Charlotte e Marco Pigossi aparecem e também as cenas da estonteante Deusa (Michelle Martins), que surgiu de lingerie e biquíni na telinha. A temperatura anda alta. Só no capítulo do último dia 19 foram ao ar três transas.

Vote: Por que Dagmar toma banho de mangueira?

E, depois do barulho que estas cenas vêm causando, os banhos sensuais não deverão parar por aí. Em breve Malvino Salvador se juntará a Cris Vianna numa sequência quente. Mais um pouco e “Fina Estampa” vai parecer as novelas do saudoso Walter Avancini, em que atrizes apareciam nuas em pelo banhando-se em cachoeiras.

Relembre os melhores banhos das telenovelas

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011 Crítica | 07:22

'Amor em 4 Atos' é bonito, mas mergulha obra de Chico Buarque numa produção cheia de vícios desnecessários

Compartilhe: Twitter

Marjorie Estiano e Malvino Salvador: "Ela Faz Cinema"

A ideia de “Amor em 4 Atos” é ótima. Construir histórias em cima das letras de Chico Buarque é uma proposta de apelo tanto junto ao povão quanto aos mais “cabeça”, digamos assim. O compositor é um destes casos na MPB que chega perto da unanimidade. É reconhecido pela inteligência, pelas belas canções e, claro, pelos belos olhos azuis. Lidar com ícone como este, no entanto, pode ser um tanto melindroso. Achar o tom certo para encenar músicas tão conhecidas mostra-se um grande desafio.

É perfeitamente compreensível, portanto, que o diretor Tadeu Jungle, esbarre em vícios desnecessários no primeiro episódio da série da Globo, inspirado em “Ela Faz Cinema”. A história gira em torno de uma jovem cineasta (Marjorie Estiano) que vive uma incendiária paixão por um pedreiro que faz uma reforma no apartamento de cima (Malvino Salvador). Para conquistar a garota, ele finge ser seu vizinho. Para não perder o bonitão, ela esconde que tem um noivo (André Frateschi).

Para retratar esta história, o cineasta e publicitário faz uma escolha arriscada: abusa da câmera na mão e dos cortes rápidos, usa imagem congelada. Acaba conferindo à trama um ar “descolado”, que infelizmente não casa com a obra de Chico. Não deste jeito. Isto para não citar o fato de que a letra de “Ela Faz Cinema” versa sobre uma atriz e não uma diretora. Um mero detalhe, claro. O que incomoda em “Amor em 4 Atos” é ver que elementos, que a princípio funcionariam tão bem, não empolgam como deveriam.

A opção de usar um narrador para o episódio também não ajuda muito. Apesar de talentosíssimo, Paulo César Pereio repete o papel que foi de Daniel Filho na recém-exibida “As Cariocas”. A narração pode muito facilmente cair na banalidade pelo seu constante uso. Nesse caso, seria dispensável.

Aparte estas considerações, o elenco foi muito bem escolhido e deu um show. Lindos como nunca, Marjorie Estiano e Malvino Salvador conseguiam despertar inveja de tanto desejo um sentia pelo outro. Já Cacá Rosset e a pouco conhecida – mas ótima – Martha Nowill formaram um par afinadíssimo. E fofo. Gero Camilo é outro que sempre rouba a cena. “Amor em 4 Atos” passa longe da unanimidade como seu inspirador, mas, apesar dos vícios, é bonito, um bom programa.

Autor: Tags: , , , , ,