Publicidade

Posts com a Tag talk show

domingo, 28 de agosto de 2016 Entrevista, Programa, Vem Aí | 09:00

João Gordo volta à TV com talk show e avisa: “Porchat vai ser podado na Record”

Compartilhe: Twitter

João Gordo está de volta à TV após quatro anos. O músico comanda o talk show “Eletrogordo”, que estreia nesta segunda-feira (29) a 0h no Canal Brasil.

João Gordo vinha se dedicando à internet nos últimos anos (Fotos: Cauê Porto/Divulgação

João Gordo vinha se dedicando à internet nos últimos anos (Fotos: Cauê Porto/Divulgação

O cenário foge do tradicional: ao invés da bancada com caneca, sofá e banda, o apresentador fica em uma oficina de eletrodomésticos velhos consertando liquidificadores, torradeiras, televisões de tubo, secadores de cabelo e vitrolas. até surgir um “cliente”, com quem engata o papo sobre televisão, música e cinema, principalmente. “Fazemos um teatrinho, eu finjo que conserto eletrodomésticos enquanto conversamos, mas não entendo nada disso”, confessa João Gordo, aos risos.

Rita Cadillac é uma das entrevistadas

Rita Cadillac é uma das entrevistadas

Ele conta que gosta de inovar no formato do que faz. “Tento ser sempre diferenciado, o ‘Panelaço’ (que apresenta no Youtube) não é um programa de culinária, mas de entrevistas e cultura”. João Gordo garante que os anos longe da telinha lhe fizeram bem. “Durante esse período estou na internet e é como se estivesse na TV. Sinto que hoje em dia com esse mundo do Youtube estou mais famoso que antes”.

Entre os frequentadores que passarão pelo  para conversar com João Gordo estão PC Siqueira na estreia, Branco Mello, Kid Vinil, Ferrugem, Lucélia Santos, Moacyr Franco, Luciana Vendramini, Falcão e Rita Cadillac. Nomes curiosos como a especialista em serial killers Ilana Casoy e o ídolo do rock brasileiro dos anos 1970 Edy Star não ficaram de fora. “Fiz 28 entrevistas em dez dias, nem lembro direito quem entrevistei (risos). Tentei resgatar pessoas que estavam no esquecimento, mas o diretor (André Barcinski, o mesmo de “Nasi Noite Adentro”) mesclou com gente atual e ficou bom”.

PC Siqueira é o convidado do programa de estreia, nesta segunda (29) (Foto: Aline Arruda )

PC Siqueira é o convidado do programa de estreia, nesta segunda (29) (Foto: Aline Arruda )

A maratona de entrevistas não atrapalhou sua agenda com a Ratos de Porão, que também ajuda a renovar seu público, atravessando gerações. “A banda está na estrada há 35 anos ininterruptos. Lá fora tocamos para caramba para os jovens, temos uma certa relevância mundial”, orgulha-se.

TV

Ele relembra sua melhor fase na carreira televisiva. “Meu auge como apresentador foi em 2003, com o ‘Gordo a Go Go’. Ganhei o Prêmio da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), mas na época não significou nada pra mim, eu era um alienado”. O único assunto do passado que o músico prefere não tocar é o episódio do programa em que discutiu com Dado Dolabella. “Faz tanto tempo que nem lembro, estou cheio de falar disso”.
João se diverte nas gravações

João se diverte nas gravações

Em um momento de proliferação de talk shows na TV – Fábio Porchat e Marcelo Adnet estrearam os seus este mês – João não procura olhar o que os colegas estão fazendo. “Não assisto TV, só vejo os programas de crimes do Discovery e (a série) ‘Alienígenas do Passado'”.

Porchat

 João Gordo já passou pela Record entre 2010 e 2012 e alerta que o humorista do “Porta dos Fundos” não deverá ter tanta liberdade quanto pensa na emissora. “O Porchat vai ser podado com certeza. Ele não sentiu isso ainda, mas quando começar a por as asinhas de fora vai ser podado. Quando trabalhei lá fiz uma matéria sobre o (senador José) Sarney, fomos para o vão livre do Masp. Ficou muito doida, mas foi proibida.  Foi quando caiu o piano e percebi. Ainda bem que logo saí de lá”.

 

Autor: Tags: , , , , , , ,

sábado, 13 de agosto de 2016 Briga pela audiência, Estreia, Programa, Vem Aí | 10:00

Fábio Porchat estreia programa um dia antes de Marcelo Adnet

Compartilhe: Twitter
Fábio Pprchat e Marcelo Adnet vão comandar talk shows em emissoras diferentes

Fábio Pprchat e Marcelo Adnet vão comandar talk shows em emissoras diferentes

Fábio Porchat vai estrear seu talk show na Record um dia antes de Marcelo Adnet começar a comandar o dele – que a Globo prefere chamar de “late show”. O “Programa do Porchat” vai ao ar depois de “Gugu”, na madrugada do dia 24 para o 25, enquanto o “Adnight” estreia próximo dia 25, às 23h30. A atração do integrante do canal “Porta dos Fundos” vai ser exibida de segunda a quinta – dia em que os dois devem se enfrentar durante alguns minutos.

Leia mais »

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 19 de junho de 2016 Programa, Vem Aí | 14:30

“Ferdinando Show” ganha nova temporada com Nicole Bahls como assistente de palco

Compartilhe: Twitter
nicole balhs é a nova assistente de palco de Ferdinando (Marcus Majella)

Nicole Bahls é a nova assistente de palco de Ferdinando (Fotos: Juliana Coutinho/Multishow)

Ferdinando, personagem de Marcus Majella no seriado “Vai Que Cola” continua no gosto do público. Seu programa solo de entrevistas, o “Ferdinando Show”, estreia a segunda temporada nesta segunda-feira (20) no Multishow.

Leia mais »

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 28 de novembro de 2012 Crítica | 00:20

Com quadro e cenário inspirados em talk shows amernicanos e apresentadora inspirada, 'Luciana By Night' não decola

Compartilhe: Twitter

Luciana Gimenez: talk show é melhor que o "Superpop"

Goste ou não de Luciana Gimenez, não se pode negar: a apresentadora é dona de uma personalidade sui generis. Seja errando português ou fazendo caras e bocas espontaneamente, a ex-modelo garante boas risadas. Talvez por isso sua produção tenha achado interessante dar início ao “Luciana By Night”, programa que estreou na última terça-feira (27), fazendo com que ela se arriscasse no stand up. Tensa, Gimenez prometeu “se esforçar” e abusou da auto-ironia para justificar o fato de sua atração ter nome em inglês.

Leia também: “Tenho vontade de ser dona de casa, mas adoro trabalhar”

Fato é que a Rede TV! não trouxe nada de muito novo para os conhecedores do formato. Aliás, a emissora foi além e usou como inspiração produções do gênero atualmente exibidas nos Estados Unidos. O cenário é bem parecido com o do “Chelsea Lately”. Já um dos quadros em que o convidado tenta advinhar que personalidade o colega imita é o mesmo utilizado por Ellen DeGeneres em seu programa. Assim como o “Agora É Tarde”, Diogo Portugal assume o papel de comentarista – que cabe a Marcelo Mansfield na Band – e, para seu azar, não funciona como deveria. Parece desagradável e inoportuno.

Se comparado ao festival trash que é o “Superpop”, no entanto, o “Luciana By Night” é um grande avanço. O clima é mais ameno e a produção mais caprichada. Os convidados tamb;em são mais bem escolhidos. Além de Ana Hickmann, que participou da estreia, já gravaram Raul Gil, Ellen Jabour, Olivier Anquier e o Dr. Robert Rey. Como entrevistadora, Luciana não teve muito trabalho. Passou maior parte do tempo brincando com Hickmann, em quadros como “Entre a Cruz e a Espada”, que pedia para a amiga escolher entre um astro de Hollywood ou o marido – ela escolheu o marido em todas as opções, claro. Houve também o manjado recurso do “Arquivo Confidencial” de histórias “engraçadas” da convidada – não arrancou risadas. Entre os bons momentos, podem ser destacadas as imitações de Sidney Magal e Zacarias feitas por Luciana e Ana, respectivamente.

Ainda que problemático, “Luciana By Night” pode render bons momentos, especialmente os inesperados. Mas, como talk show, precisa de ajustes. Carece melhorar.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 17 de agosto de 2012 Em cena | 13:32

Gafe no ar: 'Agora É Tarde' troca as bolas e confunde Marina Silva com Heloísa Helena em quadro

Compartilhe: Twitter

Reprodução da cena leva ao ar no talk show da Band

Exibido na última quinta-feira (16), o “Agora É Tarde” entrevistou Luciana Gimenez em uma de suas melhores edições dos últimos tempos. Mas, ainda assim, o talk show apresentado por Danilo Gentili cometeu uma gafe e a levou ao ar. Durante o quadro “Mesa Vermelha”, dessa vez comandado pela convidada, os debatedores comparavam políticos a personagens de desenhos animados, mostrando imagens de um e de outro. Disse Leo Lins: “O Lula trabalhou no Thundercats. Nessa época ele trabalhou com o Geraldo Alckminn no mesmo desenho. E a Marina Silva era concorrente, ela combatia o He-Man”.

Um detalhe, no entanto, chamou atenção. No lugar da foto de Marina Silva, que foi comparada ao Esqueleto, vilão da animação, entrou a imagem de Heloísa Helena, atualmente vereadora em Maceió. Um erro que eles poderiam ter passado sem.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 19 de julho de 2012 Bastidores | 13:40

David Letterman sai do ar na TV brasileira

Compartilhe: Twitter

David Letterman: depois de anos, fora do ar da televisão brasileira

O GNT tirou do ar um dos programas mais tradicionais de sua grade. O canal por assinatura resolveu deixar de exibir o “Late Show With David Letterman”. E a decisão não terá volta. A emissora entendeu que o talk show não se enquadra no perfil de audiência que tem buscado. Uma pena.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 16 de novembro de 2011 Crítica | 03:14

Entrevista de Jô Soares a Pedro Bial mais pareceu um informe publicitário do que um papo descontraído

Compartilhe: Twitter

Jô Soares dá entrevista a Pedro Bial nesta terça-feira (15)

Para surpresa de muitos espectadores, Pedro Bial assumiu a bancada do “Programa do Jô” para entrevistar Jô Soares. O assunto, claro, o novo livro do apresentador, “As Esganadas”, que vem sendo divulgado à exaustão no programa. Tinha tudo para ser uma conversa empolgante, na qual o jornalista poderia tirar algumas boas revelações do escritor, mas acabou se tornando um papo um tanto burocrático. Não exclusivamente por culpa culpa de Bial, ressalte-se.

Apesar de nervoso – com as mãos tremendo em determinados momentos -, o jornalista estudou a pauta, tentou abordar todos os pontos do romance que lhe interessavam, assim como todos os pontos do livro em que Jô permitia. Sim, porque mesmo no papel de entrevistado o apresentador tentou a todo momento conduzir a conversa, controlando até mesmo sua duração.

Perguntas para fazer a Jô sobre outros assuntos não faltavam. Ele poderia ter falado sobre a adaptação para o cinema de um deus livros anteriores, de teatro, de piadas relacionadas à obesidade – tema recorrente neste romance – ou até mesmo do fim do Jô Suado do “Pânico na TV”. Ao invés disso, apostou-se em perguntas como “que dicionário você costuma usar?” e afins. Parecia haver ali um claro limite na pauta, que nunca poderia ser ultrapassado, quase como um informe publicitário no meio do programa da Globo. Uma pena. Bial é capaz de grandes entrevistas – sua carreira como repórter é a prova viva disso – e Jô deve ser um entrevistado divertido – quando não está controlando tudo. Ainda assim, foi bom ver o jornalista fora do “Big Brother Brasil”, que comanda com maestria, aliás. É bom ver Bial além dos três primeiros meses do ano.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 18 de julho de 2011 Bastidores, Humor | 09:48

Programa de Danilo Gentili fecha primeira cota de patrocínio

Compartilhe: Twitter

Danilo Gentili: audiência do talk show se mantém em alta

Depois de um começo sem patrocinador, o “Agora É Tarde”, apresentado por Danilo Gentili, está perto de resolver esse problema. Estão adiantadíssimas as negociações para fechar a primeira cota da atração. Se tudo der certo, o acordo será sacramentado nos próximos dias. A Samsung deve fechar negócio com o talk show da Band. A ideia é que aparelhos da marca como TVs e tablets sejam incorporados ao cenário do programa.

Desde que estreou, o “Agora É Tarde” tem marcado entre 4 e 5 pontos de audiência, quase o dobro do que a emissora atingia no horário. Sinal de que o programa tem agradado.

Leia também:

“Agora É Tarde” foi um grande acerto da Band, mas precisa de pequenos ajustes

Primeira temporada do “Agora É Tarde” terá 30 episódios

“Ainda preciso comer muito feijão para ficar igual ao Jô”, diz Danilo Gentili

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 30 de junho de 2011 Crítica, Humor | 15:10

'Agora É Tarde' foi um grande acerto da Band, mas ainda precisa de alguns ajustes finos

Compartilhe: Twitter

Danilo Gentili: é preciso controlar o nervosismo e melhorar o áudio da atração

Superou as expectativas da Band a estreia de “Agora É Tarde”, programa solo apresentado por Danilo Gentili. A ideia de exibir um talk show não é particularmente animadora à primeira vista, quando se pensa que TV aberta e por assinatura já contam com Jô Soares e David Letterman, mas nesse caso, o humorista conseguiu unir o melhor dos dois mundos. É bem verdade, no entanto, que quem espera ver o humor ácido do “CQC” nesta atração vai encontrar piadas um pouco mais leves. E, pelo que deu para perceber, as anedotas mais ousadas não sairão da boca do apresentador, mas, sim, de seus companheiros de palco: Marcelo Mansfield, Leo Lins e Murilo Couto. Ressalte-se que isso não é necessariamente um problema, é compreensível o receio depois de tanta polêmica causada pelas últimas piadas de Gentili no Twitter, mas um pouquinho de ousadia é bom e todo mundo gosta.

Ao contrário do “Programa do Jô”, a entrevista não exatamente o carro-chefe do talk show. O “Agora É Tarde” é uma compilação de quadros interessantes que tem também um papo com uma personalidade. Entre os exibidos na estreia da última quarta-feira, estavam o “Passou na TV” – que se propõe a discutir o assunto da semana com imagens de todas as emissoras -, o “Lado B da TV” – que apresenta figuras pouco conhecidas nacionalmente mas que têm destaque regional – e os ótimos “Pequenos Gestos” e “Mentira FM”. Justamente por serem tão bons, estes dois últimos quadros nascem com data de validade, assim como aconteceu com o “Repórter Inexperiente” de Gentili no “CQC”. Devem logo se tornar conhecidos do público, que, ao entrar no táxi e ouvir notícias inusitadas como o noivado de Hebe e Neymar logo sacarão a pegadinha. O mesmo se aplica ao momento em que Murilo Couto se oferece para fazer favores simples a estranhos e que, sem querer querendo, mostra o quanto estamos desacostumados com a gentileza nos dias de hoje.

Danilo Gentili tem dois grandes inimigos no “Agora É Tarde”: o nervosismo, que não deu para disfarçar muito na abertura da atração, quando seu stand up – embora engraçado – era entremeado por leves hesitações, e a parte técnica. Por vezes, o som da banda Ultraje a Rigor – um grande acerto a participação dos rapazes – soava mais alto que o microfone do apresentador. Assim não dá para entender o que ele fala, é preciso equalizar melhor. Da mesma maneira, percebe-se que a equipe ainda procura formatar a identidade, o modo como a atração é feita. Houve um momento em que um zoom inesperado na cara do entrevistado ocorreu, por exemplo. Terá sido proposital? Não custa perguntar. Mas esta é apenas uma provocação. No geral, a Band acertou muito com “Agora É Tarde”. É leve, divertido e passa rápido, sem problemas. E, sim, esta é uma grande qualidade. Afinal, melhor o programa acabar deixando gostinho de quero mais do parece enfadonho.

Leia também:

Estreia de programa solo de Danilo Gentili dá mesma audiência do “CQC”

“Agora É Tarde” terá 30 episódios na primeira temporada

“Preciso comer muito feijão para ficar igual ao Jô”, afirma Danilo Gentili

E me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , ,

Briga pela audiência | 01:16

Estreia do 'Agora É Tarde' dá mesma audiência que 'CQC'

Compartilhe: Twitter

Danilo Gentili: quarto lugar no primeiro programa

A estreia do “Agora É Tarde” na noite da última quarta-feira (29) foi certeira. Atingiu em cheio a expectativa de audiência da Band. Segundo prévia do Ibope, a atração comandada por Danilo Gentili marcou média de 5 pontos com picos de 6,4 na Grande São Paulo. O número é semelhante ao que normalmente marca o “CQC”, às segundas-feiras, programa que revelou o humorista.

Na mesma faixa de horário, a Globo ocupou a primeira colocação com liderou com 14,5 pontos, seguida pela Record com 9. O talk show chegou a brigar pela terceira colocação pelo SBT, que fechou na frente com média de 6 pontos. Na estreia, o “Agora É Tarde” contou a presença de Marcelo Adnet. Nesta quinta-feira (30) será a vez de Marília Gabriela.

Leia também:

“Agora É Tarde” terá 30 episódios na primeira temporada

“Preciso comer muito feijão para ficar igual ao Jô”, afirma Danilo Gentili

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última