Publicidade

Posts com a Tag tuna dwek

sexta-feira, 28 de outubro de 2011 Novela | 10:59

'O Astro': Cinco grandes destaques da novela

Compartilhe: Twitter

“O Astro” chega ao final nesta sexta-feira (28) preservando o mistério sobre a identidade do assassino de Salomão Hayalla. Outros finais, no entanto, já foram revelados com exclusividade pela coluna. Agora é a vez de eleger alguns destaques da novela das onze da Globo, que desde já pode ser considerada um grande acerto por ter aberto um novo horário disponível para conteúdos mais adultos nos folhetins.

Vamos aos grandes destaques da trama:

5) Guilhermina Guinle e Humberto Martins

Beatriz e Neco podem ser considerados divisores de águas nas carreiras destes atores. Os personagens tiraram ambos da zona de conforto e lhe permitiram uma exposição difícil de ser enfrentada. Guilhermina teve de se despir em frente às câmeras e dar vida a uma mulher sexualmente liberada sem cair na vulgaridade. Humberto correu o risco de incorrer na caricatura com sua interpretação do malandro sem caráter e passou longe disso. Dois bons trabalhos de composição que roubaram a cena – especialmente quando estavam juntos em cenas de intimidade.

4) O texto refinado

Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro apresentaram ao espectador um texto para lá de refinado e com uma ousadia difícil de se ver na televisão. Alguns dos diálogos foram tirados diretamente de grandes textos da literatura mundial escritos por nomes como Rainer Maria Rilke, Dante Alighieri, Charles Baudelaire, Fernando Pessoa e Luís de Camões. Uma bela união entre o popular e o erudito.

3) Elenco coadjuvante de primeira linha

Fernanda Rodrigues: drama de Jôse chamou atenção

Uma das grandes virtudes de “O Astro” foi montar um time de atores super experiente e com grande carreira no teatro. Não é toda novela que pode contar com nomes incríveis como Selma Egrei, José Rubens Chachá, Paschoal da Conceição, Tuna Dwek, Rafael Primot e Vera Zimmermann. Além disso, nomes como Fernanda Rodrigues surpreenderam. A atriz roubou a cena durante os momentos de drama de Jôse.

2) A volta de Regina Duarte

Há tempos Regina Duarte merecia um papel que reconhecesse sua história na teledramaturgia brasileira. A atriz andou um tempo esquecida pelos autores, mas voltou em grande estilo. Clô é uma personagem que desperta amor e ódio, que divide opiniões. Da mesma maneira que a interpretação de Regina, que está longe de ser uma unanimidade, mas não passa batida de maneira alguma. A atriz se saiu muito bem, sim. A viúva de Salomão Hayalla é uma mulher passional, exagerada, e merece todas as caras e bocas que Regina criou para ela.

1) Rodrigo Lombardi e Carolina Ferraz

Para sorte dos espectadores, esse casal de protagonistas tinha química. E que química! Desde o primeiro capítulo dava para sentir a eletricidade entre Herculano e Amanda. Rodrigo Lombardi e Carolina Ferraz conseguiram não cair na mesmice dos pares românticos tradicionais das novelas e mantiveram-se no foco da trama durante todos os capítulos. Os atores fizeram por merecer a boa aceitação dos personagens. Agora é torcer para que sejam felizes para sempre na ficção.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 12 de julho de 2011 Entrevista, Novela | 09:04

Tuna Dwek: 'A felicidade de atuar me fisgou para toda a vida'

Compartilhe: Twitter

Tuna Dwek: secretária de Carolina Ferraz em "O Astro"

Tuna Dwek não tem do que reclamar de 2011. Depois de ver uma participação especial em “Ti Ti Ti” crescer e ficar até o último capítulo da trama – quem não se divertiu com a apresentadora sensacionalista Sueli Pedrosa? -, a atriz faz parte do seleto elenco da nova versão de “O Astro”, que estreia nesta terça-feira (12), na Globo. Na trama escrita por Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro ela dará vida a Nilza, fiel secretária de Amanda, personagem de Carolina Ferraz. Tuna bateu um papo com a coluna.

IG: Sueli Pedrosa, de “Ti Ti Ti”,  foi uma personagem muito forte. Acha que o público vai estranhar vê-la mais refinada do que aquele furacão sensacionalista em “O Astro”?
TUNA DWEK: Até hoje me impressiona a repercussão de Sueli Pedrosa. As pessoas reproduzem até falas dela descrevendo seus barracos e a proximidade com a realidade. Tenho a felicidade de que em todos os trabalhos que desenvolvi na Globo, os autores e diretores investiam numa característica camaleônica que eles dizem que tenho. Se você vir cada caracterização de personagem desde sua personalidade até figurino, cabelo, maquiagem, vai ver que mudo tanto que o público acaba não estranhando mais. Neste caso, acho que o público não vai estranhar, já se acostumaram  com o camaleão! (risos) Percebo o quanto o público gosta de ver como cada ator muda a cada papel. Muitas vezes, há atores que se especializam em certos tipos de personagem, exatamente por isso considero um privilégio poder mudar tanto. A gente se despe da anterior e embarca sem reservas na personagem de agora.

IG: Vê alguma semelhança entre as personagens?
TUNA DWEK: Entre a Sueli e a Nilza em termos de personalidade não existe semelhança porque a Nilza, secretária de Amanda,  dona da Construtora Mello Assunção, jamais faria um barraco. De escandalosa ela não tem nada. Tem aquela atitude eficiente e cordata, mas ao mesmo tempo tem a curiosidade aguçada, antenada, precisa saber o que está acontecendo no escritório, tanto que de vez em quando voce a verá ouvindo atrás da porta, ligadíssima no que está sendo dito a portas fechadas na sala da chefia. A Sueli usava a informação que obtinha em benefício próprio fazendo sensacionalismo na TV, já a Nilza é discreta, mas o que ela vai fazer com o que sabe , eu não sei… E em termos de elegância, as duas arrasam porque Marilia Carneiro e Lucia Daddario  deram um terninho para a Sueli Pedrosa de uma super grife! (risos) E Labibe Simão reservou para Nilza um figurino moderníssimo e elegante.

IG: Assistiu a versão original de O Astro, de 1977?
TUNA DWEK: Como estava morando no exterior acabei não vendo quando passou em 1977, mas vi alguns capítulos quando reprisaram em 1981. Lembro-me de algumas cenas emblemáticas e especialmente de Dina Sfat, atriz esplêndida e inesquecível. A novela tinha cenas muito contundentes e lembro acima de tudo o clima de “quem matou Salomão Hayalla?”. Naquela época vi como uma novela era capaz de fazer parar um país. Acho que com “Irmãos Coragem” e a primeira “Selva de Pedra” pudemos vivenciar isso também. A voz de João Bosco e a frase “minha pedra é ametista, minha cor o amarelo” também marcaram a memória de todos. Sinto que existe um frisson em relação à minissérie em quem viu e em quem não viu a novela.

IG: Como tem sido contracenar com nomes como Carolina Ferraz, Regina Duarte e Francisco Cuoco?
TUNA DWEK: A convivência cênica e de camarim tem sido maravilhosa. Ainda não contracenei com Cuoco, mas estarmos na mesma minissérie já é muito prazeroso, além de ser um dos meus ícones. Com Regina, amiga de muitos anos, a afetividade é constante e sempre nos perguntamos se iremos contracenar no decorrer da trama. Carolina é uma delícia de atriz e de pessoa, nos divertimos muito e na hora da concentração a entrega é total. Além disso gosto do modo com que sua inteligência apreende as cenas e a maneira como se tem desenvolvido a relação entre as personagens.

IG: Recentemente você trabalhou como intérprete de Catherine Deneuve e teve a oportunidade de conviver com a diva. Como foi a experiência?
TUNA DWEK: Por não ser ela colocada na posição de diva, foi  uma experiência muito rica. Quando mitificamos a artista não é possível trabalhar com objetividade e focar a tradução com suas nuances. Muitas vezes tinha a vontade de ficar olhando detalhadamente para ela, porque afinal ela saiu da tela e está ali diante de nós com muita história para contar. Catherine é inteligente, articulada e sabe embasar opiniões com muita segurança. Adorei a experiência. Ao traduzir todas as entrevistas que ela deu, nos intervalos podíamos trocar ideias como atrizes. Independentemente de ser a musa Catherine Deneuve de tantas gerações de cinéfilos, naquele momento era uma atriz falando com outra atriz, sobre a vida, teatro, beleza, e até sobre medo de palco. É uma mulher que decididamente ama viver e o que faz. E que tem um senso de humor com muita lucidez. Descobrimos que, entre outras coisas, acreditamos que a felicidade de atuar é algo que nos fisgou para toda a vida.

Leia também:

Veja o elenco completo de “O Astro”

Assista ao clipe de lançamento da novela

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 26 de fevereiro de 2011 Sobe e desce | 14:12

O legal e o mico da semana

Compartilhe: Twitter

O LEGAL – Participações especiais de “Ti Ti Ti”

Tuna Dwek como a maldosa Sueli Pedrosa

Maria Adelaide e Jorge Fernando não poderiam ter acertado mais ao resolver chamar alguns artistas para participações especiais em “Ti Ti Ti”. Depois de Xuxa, há alguns dias, foi a vez de Tuna Dwek – que, para nossa sorte, volta em definitivo para a trama – e Daniela Escobar roubarem a cena na novela das sete. A apresentadora sensacionalista Sueli Pedrosa (Tuna) parece adorar um barraco e esta semana não foi diferente: introduziu a perua Daguilene (Daniela Escobar) na trama em grande estilo. A gente quer mais. Em tempo: dizem que Ronaldo Fenômeno aparecerá no último capítulo.

O MICO – Pedro Bial fala “Anauê” no “BBB 11”

Pedro Bial: "Anauê", não!

A coluna ama Pedro Bial e considera ele o maior apresentador de reality show do país. Mas o jornalista pisou na bola esta semana ao saudar os participantes do “BBB 11” com um polêmico “Anauê”. Para quem não sabe, a expressão tem cunho facista e era usada pelo integralistas no século passado. Vendo que fez bobagem, Bial se justificou depois. Mas pegou mal.

Me siga no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011 Bastidores, Novela | 13:54

Exclusivo: Daniela Escobar entra em 'Ti Ti Ti' como Daguilene, a mãe de Stefany

Compartilhe: Twitter

Daniela Escobar será uma perua que prefere ser chamada de Pâmela

Vem mais confusão à vista em “Ti Ti Ti”. E, mais uma vez, a vilãzinha Stefany (Sophie Charlotte) estará no meio dela. Revoltada, a garota resolve se vingar da tia Nicole (Elizângela) e invade sua casa com a equipe do programa de Sueli Pedrosa (Tuna Dwek), com quem a costureira já havia se atracado na TV há algumas semanas. Louca para ficar famosa, a alpinista social acusa Nicole de ter batido nela com cabo de vassoura durante a infância. Uma mentira deslavada, claro.

O que a megerinha não esperava, no entanto, é que a apresentadora sensacionalista também tivesse armado para cima dela. No meio da discussão, surgirá Daguilene, uma perua de óculos escuros e maquiagem pesada que revela numa virada digna de dramalhão mexicano com toques de pastelão: é a mãe de Stefany. E pior: acusa Gino (Marco Ricca) de ter lhe tomado a filha ainda bebê. Outra invencionice. Assim como a irmã, Nicole (que na verdade se chama Daguijane), Daguilene odeia que pronunciem seu verdadeiro nome. “Meu nome é Pâmela”, brada para as câmeras.

A nova personagem será interpretada por Daniela Escobar, que andava longe das novelas desde “América”, em 2005, e deve ficar até o final da trama escrita por Maria Adelaide Amaral. Assim como Suely Pedrosa, que já havia aparecido numa sequência hi-lá-ria há alguns dias, Daguilene é mais uma figura que deve arrancar grandes risadas. A autora, aliás, tem mandado muito bem na escolhe dessas participações especiais. Xuxa – que gravou na última sexta -, Tuna Dwek e Daniela Escobar sem dúvida movimentarão o folhetim, que tem encostado em “Insensato Coração” nos números de audiência. A cena do reencontro de Stefany com a mãe será gravada na quarta-feira, mas só deve ir ao ar no final de fevereiro. Promete!

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011 Novela | 14:44

Tuna Dwek fará participação especial em 'Ti Ti Ti'

Compartilhe: Twitter

Maria Adelaide Amaral já escalou mais uma participação especial para “Ti Ti Ti”. Famosa por personagens em produções como “Queridos Amigos”, “Ciranda de Pedra” e “Um Só Coração”, Tuna Dwek entra na trama no capítulo da próxima quarta-feira. Ela viverá Suely Pedrosa, uma entrevistadora de jeito marrento que receberá Nicole (Elizângela) em seu programa de TV. Tudo porque a costureira andou divulgando que é amante de Victor Valentin (Murilo Benício).

Rodada no sábado retrasado sob a direção de Marcelo Zambeli, a cena levou a produção aos risos, já que as duas atrizes literalmente se engalfinharam numa briga. Pelo visto, vai ser um capítulo imperdível. Será que Suely Pedrosa veio para ficar?

Autor: Tags: , , , ,