Publicidade

Posts com a Tag vidas em jogo

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 Bastidores, Novela | 10:34

Globo tira mais dois atores da Record para próxima novela

Compartilhe: Twitter

Rômulo Arantes Neto será um playboy em "Sangue Bom"

Depois de perder nomes de peso como Gabriel Braga Nunes, Lavínia Vlasak e Marcelo Serrado há pouco mais de um ano, a Record segue vendo parte de seu elenco migrar de volta para a Globo. Nas últimas semanas, mais dois atores fecharam participações em novelas da emissora. Recentemente visto em “Rebelde”, Edwin Luisi está na próxima novela das sete, “Sangue Bom”, no papel do boa-praça Ulysses, também conhecido como Tio Lili. Outro que também integrará o time da trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari é Rômulo Arantes Neto, cujo último trabalho foi “Vida em Jogo”. Na história, ele interpretará o playboy de caráter duvidoso Tito Rabelo.

Leia também: “Sangue Bom” tratará do mundo da fama e terá mocinha apresentadora de TV

Além deles, a Globo contratou por obra também Jayme Periard, que teve passagens por SBT e Record nos últimos tempos. Ele entrará em “Salve Jorge” como Garcia, um empresário que será seduzido por Rosângela (Paloma Bernardi).

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 Bastidores | 10:15

Record começa a trabalhar com reserva de atores

Compartilhe: Twitter

Ricky Tavares: reservado por Cristiane Friedman

Com o aumento da produção de novelas de curta duração e as já conhecidas minisséries bíblicas, a Record começou a recorrer a um expediente muito usado pela Globo: a reserva de atores. Alguns autores têm reservado com antecedência o passe de artistas com medo de perdê-los para outras produções da casa.

É o caso de Cristiane Friedman, que escreverá uma trama com previsão de estreia para depois de “Vida Bandida”, de Carlos Lombardi. A dramaturga já tratou de reservar Ricky Tavares, com quem já trabalhou em “Vidas em Jogo”. Depois de “José do Egito”, em que dará vida ao protagonista na fase jovem, o rapaz deverá descansar a imagem até começarem os trabalhos do novo folhetim.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 5 de outubro de 2012 Briga pela audiência, Novela | 13:38

Estreia de 'Balacobaco' decepciona em audiência

Compartilhe: Twitter

Roger Gobeth e Juliana Silveira numa cena de "Balacobaco"

Se a Record esperava que “Balacobaco” levantasse de cara os números derrubados por “Máscaras”, não funcionou. A estreia da novela escrita por Gisele Joras marcou média de 8 pontos, uma das menores audiências de estreia das tramas da casa. O índice é maior que o último capítulo da antecessora, que registrou 6 pontos, mas menor que sua estreia, que, assim como “Vidas em Jogo”, havia atingido 11 pontos de média.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 31 de julho de 2012 Bastidores | 13:38

Depois de baixos índices de audiência, Record muda direção de teledramaturgia

Compartilhe: Twitter

A Record comunicou oficialmente nesta terça-feira que promoveu uma mudança no comando de teledramaturgia. Hiran Silveira deixará o cargo para se dedicar à direção de aquisições e relações internacionais do Grupo Record. Em seu lugar, entra o atual diretor de planejamento e produção do RecNov, Anderson de Souza.

Há algum tempo nos bastidores fala-se em crise na cúpula de teledramaturgia. Especialmente por causa da brusca queda de audiência das últimas novelas. “Rebelde”, que ficava em torno de 10 pontos, hoje marca 6. Já “Máscaras” derrubou pela metade os índices que sua antecessora, “Vidas em Jogo”, atingia.

Leia a íntegra do comunicado enviado pela Record:

“A Record informa que o diretor de teledramaturgia da emissora, Hiran Silveira, deixa o cargo para assumir a direção de aquisições e relações internacionais do Grupo Record.

O atual diretor de planejamento e produção do RecNov, Anderson de Souza, assume a direção de teledramaturgia. Marcelo Silva permanece à frente do Comitê de Dramaturgia do complexo de novelas da Record no Rio de Janeiro.

O executivo Paulo Calil, que deixa a direção de aquisições, permanece no comando da Record Entretenimento, empresa que irá receber novos investimentos para ampliar sua atuação no mercado.”

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 10 de maio de 2012 Briga pela audiência, Novela | 15:29

Audiência de 'Máscaras' preocupa a Record e emissora vê Gisele Itié como salvação

Compartilhe: Twitter

Gisele Itié ganhará mais destaque em "Máscaras". Foto: André Giorgi/iG

A Record já promoveu reuniões na semana passada para discutir a situação de “Máscaras”, mas as decisões ainda não surtiram efeito. Esta semana, a trama escrita por Lauro César atingiu seus índices mais baixos de audiência por duas vezes. Tanto na terça quanto na quarta-feira, a novela registrou 7 pontos de média. Na segunda, apenas 6. Para se ter noção, sua antecessora, “Vidas em Jogo”, costumava se manter na casa dos 10 pontos. Na estreia, “Máscaras” registrou 11.

Uma das medidas que serão adotadas pela emissora é aumentar a participação do personagem de Gisele Itié. Acredita-se que apostando em cenas sensuais com a atriz os números poderão reagir.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 10 de abril de 2012 Briga pela audiência, Crítica, Novela | 01:10

Mesmo com pegadinha e revelação de que não há assassino, final de 'Vidas em Jogo' supera audiência da antecessora

Compartilhe: Twitter

Os palhaços de "Vidas em Jogo": sem assassino no final

A Record tem bons motivos para comemorar. O aguardado último capítulo de “Vidas em Jogo” fechou com média de 18 pontos e superou sua antecessora, “Ribeirão do Tempo”, que havia terminado com 17. A trama escrita por Cristiane Fridman atingiu picos de 20 pontos, especialmente no momento em que o tão falado mistério do serial killer era resolvido. No mesmo horário, a Globo marcou 19. Para a surpresa geral dos espectadores, não havia assassino. Dados como mortos, personagens como Jorge (Sacha Bali) e Augusta (Denise Del Vecchio) ressurgiram das cinzas e, ao lado dos companheiros de bolão, revelaram que tudo não passou de uma pegadinha. Afim de se livrar de ameaças de assassinato por serem donos de uma fortuna, resolveram fingir que partiram dessa para uma melhor.

Não se pode negar, foi um final surpreendente, especialmente porque as apostas para o homicida giravam em torno de Severino (Paulo César Grande) e Marizete (Betty Lago). A execução, no entanto, foi um tanto quanto atrapalhada. Todos os ganhadores do bolão revelaram o segredo em tom de jogral, um completando a frase do outro, de maneira pouco orgânica, e com diálogos como: “Mas eu vi seu corpo no caixão” e “Era uma máscara trazida dos Estados Unidos. Hollywood tem técnicas bem avançadas” ou “Eu te acompanhei pelos monitores da nossa sala secreta”. Difícil de engolir. Em dado momento, quando o palhaço surgiu, houve quem achasse que tudo fluía para que Marizete fosse a grande assassina. Pode crer-se que, por causa da inesperada doença de Betty Lago, os rumos da trama podem ter sido mudados. Ou não. A atriz, aliás, foi responsável por um dos momentos mais emocionantes do capítulo, quando, de cabelos curtos e mais magra por causa da quimioterapia, discursou sobre pessoas que lutam pela vida. Betty é uma guerreira e vai superar essa batalha. Torcida não falta.

Betty Lago emocionou ao aparecer mesmo enfrentando doença

Entre outros destaques do final, houve a morte de Carlos (André Di Mauro), que, numa tentativa desesperada de tirar Wellington (Ricky Tavares) do vício do crack, fumou a droga e foi parar no hospital. Não resistiu e sua partida tornou-se gatilho para que o jovem se livrasse da dependência. Um fim trágico e um pouco drástico, havemos de convir. “Vidas em Jogo” teve um começo promissor e, por causa de sua longa duração, sofreu para manter o interesse pela história. Merecia um final um pouco mais bem amarrado. Mas é preciso reconhecer o esforço de sua autora em subverter a revelação final.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 7 de abril de 2012 Sobe e desce | 10:30

O legal e o mico da semana – De 31 de março a 6 de abril

Compartilhe: Twitter

O LEGAL – Ricky Tavares, em “Vidas em Jogo”

Ricky Tavares roubou a cena como um viciado em crack

Em sua reta final, “Vidas em Jogo” mantém o mistério sobre a identidade do serial killer da história, mas merece ter destacada a atuação de um jovem ator. Na pele de Wellington, um rapaz que mergulha no vício do crack, Ricky Tavares roubou a cena na novela. Comoveu em cenas fortes e mostrou que é um nome a ser acompanhado de perto. Além disso, sua ótima interpretação conferiu mais força ao alerta que deve ser feito para ajudar na combate às drogas.

O MICO – A festa que era notícia antes mesmo de acontecer, em “Avenida Brasil”

Cena de "Avenida Brasil": festa não tinha acontecido e sua fotos já eram vistas

O capítulo da última segunda-feira de “Avenida Brasil” chamou a atenção por um erro de continuidade e edição. Antes mesmo de acontecer, a festa de aniversário de casamento de Tufão (Murilo Benício) e Carminha (Adriana Esteves) já era notícia na internet. A mocinha, Nina (Débora Falabella), leu em seu computador tudo sobre o evento, que só aconteceria dois blocos depois. A Globo percebeu o erro e corrigiu na chamada do dia seguinte, substituindo a imagem que foi mostrada no computador vidente da personagem.

Relembre os micos das semanas anteriores

E siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 3 de abril de 2012 Novela | 23:29

Cena que revela identidade do assassino de 'Vidas em Jogo' só será gravada no sábado

Compartilhe: Twitter

Severino: principal suspeito

A Record deixou para gravar em cima da hora a grande revelação de “Vidas em Jogo”. A identidade do assassino em série da novela escrita por Cristiane Fridman só será conhecida por parte do elenco no sábado, quando a cena deve ser rodada. Tudo para evitar que a informação vaze que o último capítulo seja exibido na segunda-feira.

Nos bastidores do Recnov, onde são gravadas as tramas da emissora, a aposta é que o criminoso seja Severino (Paulo César Grande) ou Marizete (Betty Lago). A maioria, no entanto, aposta no dono do restaurante que foi explodido no começo da história.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , ,

Entrevista, Novela | 07:00

Paloma Duarte será personagem sem nome em 'Máscaras': 'Nunca fiz nada tão difícil na minha vida'

Compartilhe: Twitter

Paloma Duarte: "Não guardo nenhuma mágoa da Globo"

Não raro, quando um ator é escalado para um personagem, o primeiro clichê disparado em entrevistas é que “trata-se de um desafio”. Paloma Duarte, no entanto, pode ser considerada uma exceção à regra da frase feita. Em “Máscaras”, novela que a Record estreia no próximo dia 10 em substituição a “Vidas em Jogo”, ela dará vida a uma mulher sem nome. E não é só isso: sem passado definido, não dá para afirmar se “Nameless” (sem nome, em inglês), como vem sendo chamada nos bastidores, é mocinha ou vilã. O papel, que aparecerá no folhetim a partir do terceiro capítulo, é fruto de mais uma parceria entre a atriz e o autor Lauro César Muniz, com que tem atuado sistematicamente desde que trocou a Globo pela concorrente, em 2006. Ansiosa pela estreia, Paloma conversou com a coluna.

IG: Como vai ser fazer uma personagem sem nome?
PALOMA DUARTE: Acho que é a primeira vez que isso é feito na TV. É uma personagem sem nome e, teoricamente, sem passado e sem futuro prévio.

IG: Foi difícil achar o ponto de partida para “Nameless”?
PALOMA DUARTE: Nunca fiz nada tão difícil. Mesmo. É muito complicado porque ela pode ser qualquer coisa. Ela pode ser vilã, heroína, picareta, boa moça, rica, pobre… Tem horas que eu leio o texto e pensou “vou fazer de tal jeito”, mas vejo uma outra cena e já é outra coisa. Mas vamos lá, estou adorando!

IG: Nos primeiros capítulos a personagem é apresentada como mocinha ou vilã?
PALOMA DUARTE: O Lauro não é esse tipo de autor, graças a Deus. Isso de categorizar mocinha ou bandida já não é algo que ele faria normalmente, mas com essa personagem chega a ser cruel de tão dúbio que é tudo!

IG: Muita gente fala que você só faz as novelas do Lauro César Muniz. Como é repetir a parceria com ele? E é uma exigência de contrato estar nos textos dele?
PALOMA DUARTE: Que bom, né? Que sorte que eu tenho! Eu diria que é uma cláusula de coração e não uma cláusula de contrato. A gente tem uma cumplicidade cênica imensa. Respeitamos muito e gostamos do trabalho um do outro. Fiz “Cidadão Brasileiro” e meu tempo de férias casou com as próximas novelas dele. E espero continuar fazendo muitas outras personagens do Lauro!

IG: Nos últimos meses alguns atores têm deixado a Record para voltar à Globo. Nunca cogitou fazer o mesmo?
PALOMA DUARTE: Isso no momento não passa pela cabeça. Estou muito feliz na Record e tenho uma relação muito boa com essa empresa, como tive com a Globo nos anos em que fiquei lá. Não tenho nenhuma mágoa, nenhum ressentimento. Mas estou cumprindo o que esperava cumprir dentro da Record e estou muito feliz. Adoro trabalhar  com o Hiran (Silveira, diretor de dramaturgia), com o Lauro César, com o Ignácio (Coqueiro, diretor). Estou muito bem.

IG: Estruturalmente é a mesma coisa? Tem muito ator que se queixa.
PALOMA DUARTE: Olha, é claro que não é. E é claro que será! Me incomoda um pouco esse tipo de raciocínio e minha vontade é dizer assim a essas pessoas: “Não entendi. Você não sabe o que veio fazer aqui?”. E acho que parte da beleza, pelo menos para mim, quando troquei de emissora, era imaginar exatamente esse crescimento, imaginar que eu poderia de alguma forma estar reproduzindo histórias como as que eu ouvi da minha mãe e do meu avô sobre construir uma televisão. E eu não só vejo a caminhada da Record nos anos em que estou lá, como eu tenho certeza absoluta que é uma questão de piscar os olhos. O tempo vai passar rapidinho!

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 9 de março de 2012 Bastidores, Novela | 11:30

Depois de minisséries bíblicas, Gabriela Durlo e Luli Miller estarão em 'Máscaras', próxima novela da Record

Compartilhe: Twitter

Luli Muller e Gabriela Durlo posam em frente ao transatlântico da novela

Depois de protagonizar a minissérie bíblica “A História de Ester”, Gabriela Durlo volta a ganhar um papel de destaque na dramaturgia da Record. Ela está no elenco de “Máscaras”, novela escrita por Lauro César Muniz, que substitui “Vidas em Jogo” a partir de abril. Na trama ela viverá Marina, uma mulher batalhadora, que assume as contas da casa já que o marido, Gabriel (Marcio Kieling), não tem sorte na carreira profissional. Marina trabalhará em um buffet infantil com Lais (Luiza Curvo).

Confira o elenco completo de “Máscaras”

Na foto acima, Gabriela posa com Luli Muller, cujo último trabalho também foi uma produção bíblica, “Sansão e Dalila”. A atriz dará vida a Mirella, uma jovem apaixonada por Régis (Augusto Zacchi), que sonha em se casar com o noivo no navio transatlântico que ambienta as primeiras cenas da novela. Mas durante a viagem, Mirella comete um erro que pode atrapalhar seus planos.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. Última